Descrição de como o Word cria ficheiros temporários

Traduções de Artigos Traduções de Artigos
Artigo: 211632 - Ver produtos para os quais este artigo se aplica.
Para obter uma versão deste artigo referente ao Microsoft Word 97, consulte 89247.
Expandir tudo | Reduzir tudo

Nesta página

Sumário

Este artigo explica quando, onde e como o Microsoft Word para Windows cria ficheiros temporários.

Mais Informação

Definição de ficheiro temporário

Um ficheiro temporário é um ficheiro que é criado para guardar temporariamente informações de modo a libertar memória para outros fins ou funcionar como segurança para evitar a ocorrência de perda de dados quando um programa efectua determinadas funções. Por exemplo, o Word determina automaticamente onde e quando deve criar ficheiros temporários. Os ficheiros temporários apenas existem durante a sessão actual do Word. Quando o Word é encerrado de forma normal, todos os ficheiros temporários são, primeiro, fechados e, em seguida, eliminados.

Porque é que o Word cria ficheiros temporários?

Velocidade

Se não existir memória disponível suficiente para manter o documento, com todas as suas edições, na memória e continuar a efectuar manipulações, como ordenação, arrasto, deslocamento, etc., rapidamente e em conjunto com outras aplicações em execução, o Word moverá parte do respectivo código que não esteja a ser utilizado ou parte do documento que não esteja a ser editada da memória para o disco. Esta mudança para ficheiros temporários em disco liberta mais memória para manipulação de texto ou armazenamento das partes do documento que estão a ser activamente editadas.

Integridade dos Dados

O Word utiliza ficheiros temporários como uma segurança por forma a proteger contra erros de sistema no respectivo esquema de salvaguarda de ficheiros. Guardando num ficheiro temporário primeiro e, em seguida, mudando o nome do ficheiro para o correcto, o Word garante a integridade dos dados do ficheiro original contra problemas (como a falha de alimentação ou perda de ligações de rede) que possam ocorrer quando o ficheiro estiver a ser escrito.

Tipos de ficheiros temporários

Ficheiro Baseado no MS-DOS

Estes são ficheiros padrão do MS-DOS.

Ficheiro Baseado em Ficheiro de Documento

A diferença entre este ficheiro e um ficheiro normal do MS-DOS consiste no facto de múltiplos programas poderem ler e escrever nos mesmos sem que o proprietário original tome conhecimento. Além disso, os ficheiros de documento têm propriedades inerentes que permitem ao Word criar ficheiros e directórios dentro de ficheiros. No arranque, o Word cria um ficheiro de documento temporário (directo) denominado ~wrfxxxx.tmp. O utilizador pode determinar que se trata de um ficheiro de documento porque o tamanho inicial é 1.536 bytes. Este ficheiro de documento temporário é utilizado para guardar todos os objectos OLE que pertençam a documentos sem nome, a anulações, à área de transferência e a documentos cujos formatos nativos não sejam de documento (por exemplo, documentos .txt, .rtf e do Word 2.0). O Word pode abrir ficheiros de documento utilizado dois modos diferentes: de transacção e directo. Estes modos são descritos mais adiante neste artigo.

Ficheiros de Documento de Transacção

Os ficheiros de transacção permitem ao Word abrir um ficheiro, escrever no mesmo, e permite que outros programas -- como o Microsoft Excel -- escrevam no mesmo, mantendo, ainda assim, o direito de restaurar o estado que o ficheiro tinha quando o Word o abriu.

Para o fazer, o ficheiro de documento cria imagens duplicadas (normalmente ~dftxxxx.tmp) de todas as alterações efectuadas no ficheiro depois de este ter sido aberto; se o Word mantiver todas as alterações, o conteúdo de ~dftxxxx.tmp é integrado no ficheiro original e é guardada uma versão completa do mesmo. Em contrapartida, se o Word descartar todas as alterações, ~dftxxxx.tmp é eliminado e o ficheiro original não é alterado. O Word abre todos os ficheiros nativos do Word utilizando ficheiros de transacção, que criam imagens duplicadas no directório Temp. Quando o utilizador inicia o Word, o Normal.dot é normalmente aberto no modo de transacção e é criado um ficheiro duplicado para o mesmo, denominado dftxxxx.tmp. A funcionalidade FastSave, por exemplo, integra estes dois ficheiros quando ocorre uma acção de guardar.

Directo

O Word utiliza o armazenamento directo ao abrir o ficheiro de documento temporário e ao efectuar a acção Guardar como ou Guardar (sem ser no modo FastSave). Este tipo de ficheiro consome pouca memória (se o fizer) e não cria uma imagem duplicada quando é criado ou aberto.

Ficheiros específicos criados pelo Word

As tabelas que se seguem listam alguns dos ficheiros temporários específicos criados pelo Word.
   Ficheiros normalmente criados quando o Word é iniciado                  Nome do ficheiro
   ----------------------------------------------------------------------------------------
   Fich. baseado no MS-DOS (p/ reservar 4 identif. de fich.) 0 bytes      ~wrf0000.tmp
   Ficheiro temporário (scratch) baseado no MS-DOS           0 bytes      ~mfxxxx.tmp
   Ficheiro composto - de transacção                         0 bytes      ~dftxxxx.tmp
   Ficheiro composto - directo                               1536 bytes   ~wrf0001.tmp
   (ficheiros não-Word/OLE sem nome)


   Ficheiros de recuperação do Word                                        Nome do ficheiro
   ----------------------------------------------------------------------------------------
   Fich. temporário p/ recuperação automática                             ~wraxxxx.tmp
   Recuperação automática                      Recuperação automática de <nomedoc>.asd

   Outros ficheiros temporários do Word                                    Nome do ficheiro
   ----------------------------------------------------------------------------------------
   Cópia de outro documento                                               ~wrcxxxx.tmp
   Documento do Word                                                      ~wrdxxxx.tmp
   Ficheiro de documento Temp                                             ~wrfxxxx.tmp
   Dicionário                                                             ~wrixxxx.tmp
   Área de transferência                                                  ~wrlxxxx.tmp
   Macro                                                                  ~wrmxxxx.tmp
   Documento OLE do Word                                                  ~wroxxxx.tmp
   Ficheiro "scratch"                                                     ~wrsxxxx.tmp
   Documento convertido (externo)                                         ~wrvxxxx.tmp
				

Vista simplificada do esquema utilizado para guardar um ficheiro editado

Criar ficheiro  temp.            Criar ~wrdxxxx.tmp
Escrever ficheiro temp.          Guardar dados de exemplo em ~wrdxxxx.tmp
Eliminar ficheiro original       Eliminar EXEMPLO.DOC
Mover temp. p/ nome de destino   Mover ~wrdxxxx.tmp para Exemplo.doc
				
O desempenho do Word aumenta significativamente colocando o ficheiro temporário no mesmo directório do ficheiro guardado. Se o Word colocasse o ficheiro temporário noutra localização, teria de utilizar o comando COPY do MS-DOS para mover o ficheiro temporário do outro directório para a localização de salvaguarda. Deixando o ficheiro temporário no mesmo directório do ficheiro de documento guardado, o Word pode utilizar o comando MOVE do MS-DOS para designar rapidamente o ficheiro temporário como o documento guardado.

Quando e onde o Word cria ficheiros temporários

A localização onde o Word cria os ficheiros temporários está codificada e não pode ser editada. Consequentemente, é importante que as permissões NTFS do utilizador sejam definidas em conformidade. Para mais informações, clique no número de artigo que se segue para visualizar o artigo na Base de Dados de Conhecimento Microsoft:
277867 Windows NTFS permissions are required when you run Word on any NTFS partition that has Windows 2000, Windows XP Professional, Windows Server 2003, or Windows Vista installed
Em geral, o Word cria ficheiros temporários para os seguintes tipos de dados.

Objectos Incorporados do Word (Directório Temp)

Quando o Word funciona como um programa servidor de OLE, os objectos incorporados do Word são guardados como ficheiros temporários no directório Temp.

O OLE 2.0 requer espaço de armazenamento adicional. Quando o utilizador inicia programas OLE, o Word tem de fornecer cópias dos dados ao servidor. Não é invulgar que a utilização intensiva de OLE 2.0 numa única sessão de um programa acumule muito armazenamento temporário no disco rígido.

Ficheiro "Scratch" (Directório Temp)

Quando o Word fica sem memória de acesso aleatório (RAM) interna, cria sempre um único ficheiro "scratch" temporário no directório Temp, para guardar informações. Este ficheiro "scratch" contém informações retiradas da cache de ficheiros interna do Word, que é atribuída a partir da memória de sistema global. O tamanho do ficheiro "scratch" varia de 64 quilobytes (KB) a 3,5 megabytes (MB).

O tamanho predefinido da cache no Word é 64 KB.

Para obter mais informações sobre como aumentar o tamanho da cache no Word, clique no número de artigo que se segue para visualizar o artigo na Base de Dados de Conhecimento Microsoft:
212242 Where settings are stored in the registry for Word 2000

Macro Gravada (Directório Temp)

Quando o utilizador grava uma macro, o Word cria um ficheiro temporário no directório Temp do Windows.

Ficheiros Convertidos (Directório Temp)

Os conversores de processamento de texto fornecidos com o Word criam ficheiros temporários no formato RTF (Rich Text Format), que o Word utiliza para aceder a conversores específicos.

Ficheiros Bloqueados (Directório Temp)

Quando o utilizador abre um ficheiro bloqueado, seja porque está aberto noutra janela do Word ou porque outro utilizador da rede o tem aberto, pode trabalhar com uma cópia do mesmo. O Word coloca esta cópia no directório Temp do Windows. Do mesmo modo, se um modelo anexado a um documento estiver bloqueado, o Word cria automaticamente uma cópia do modelo no directório Temp. A cópia de um ficheiro bloqueado não actualiza automaticamente o ficheiro original do proprietário.

Ficheiros Guardados (Mesmo Directório do Ficheiro Guardado)

Quando clica em Guardar no menu Ficheiro, acontece o seguinte:
  1. O Word cria um novo ficheiro temporário utilizando a versão editada do documento.
  2. Depois de o Word criar o ficheiro temporário, elimina a versão anterior do documento.
  3. Muda o nome do ficheiro temporário para o nome da versão anterior do documento.
Texto colado entre ficheiros (mesmo directório do ficheiro de origem):

Quando o Word copia e cola entre documentos, poderá criar um ficheiro temporário no mesmo directório do ficheiro de origem. Isto ocorre especialmente se o ficheiro de origem for guardado ou fechado. O ficheiro temporário representa as informações referenciadas pela área de transferência antes de guardar o ficheiro. O Word cria este ficheiro temporário mudando o nome da cópia antiga do ficheiro para um nome de ficheiro temporário.

Ficheiro do Proprietário (Mesmo Directório do Ficheiro de Origem):

Quando um ficheiro guardado anteriormente é aberto para edição, impressão ou revisão, o Word cria um ficheiro temporário com uma extensão .doc, iniciado por til (~) seguido de um cifrão ($) e seguido do resto do nome original do ficheiro. Este ficheiro temporário contém o nome de início de sessão da pessoa que está a abrir o ficheiro e é conhecido como o "ficheiro do proprietário".

Quando tenta abrir um ficheiro disponível numa rede que já está aberto por outra pessoa, este ficheiro fornece o <nome de utilizador> para a seguinte mensagem de erro:
Este ficheiro já está aberto por <nome de utilizador>. Pretende efectuar uma cópia deste ficheiro para sua utilização?
Se o ficheiro do proprietário estiver danificado ou em falta, a mensagem de erro é alterada para:
Este ficheiro já está aberto por outro utilizador. Pretende efectuar uma cópia deste ficheiro para sua utilização?
Nota: o Word elimina automaticamente este ficheiro temporário quando o ficheiro original é fechado da memória.

Quando abre um ficheiro utilizando o protocolo http ou ftp, o ficheiro é copiado primeiro para o directório temp. Em seguida, o ficheiro é aberto a partir do directório temp.

Quando abre um ficheiro numa partilha UNC com o Word 2007, o ficheiro é copiado primeiro para o directório temp. Em seguida, o ficheiro é aberto a partir do directório temp.

Gravação Automática

Directório de Gravação de Recuperação Automática do Word

O ficheiro temporário criado quando o Word efectua uma gravação automática é guardado na pasta Temp, a menos que não exista uma pasta Temp válida. Neste caso, o Word guarda o ficheiro temporário na mesma pasta onde guarda o documento.

Localização dos ficheiros temporários quando um ficheiro é fechado

O Word poderá, ocasionalmente, ter de manter uma ligação para um ficheiro após este ser fechado. Isto ocorre quando tiver sido copiado texto do ficheiro para a área de transferência. Quando o utilizador fecha um ficheiro, o Word tenta efectuar as seguintes acções:
  • Se a selecção que foi copiada para a área de transferência não contiver múltiplas secções ou uma imagem, ou não for grande, o Word copiará o trecho do documento para um ficheiro "scratch".
  • Se a selecção copiada não contiver imagens ou secções múltiplas, ou se o ficheiro estiver numa disquete, o Word copiará todo o ficheiro para o directório Temp e moverá o apontador para lá.

Propriedades

Artigo: 211632 - Última revisão: 13 de maio de 2010 - Revisão: 5.0
A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Office Word 2003
  • Microsoft Word 2002 Standard Edition
  • Microsoft Word 2000 Standard Edition
Palavras-chave: 
kbhowto kbfile kbinfo kbnetwork KB211632

Submeter comentários

 

Contact us for more help

Contact us for more help
Connect with Answer Desk for expert help.
Get more support from smallbusiness.support.microsoft.com