Visão geral do host de scripts do Windows no Windows

Traduções deste artigo Traduções deste artigo
ID do artigo: 232211 - Exibir os produtos aos quais esse artigo se aplica.
Este artigo foi publicado anteriormente em BR232211
Expandir tudo | Recolher tudo

Neste artigo

Sumário

O WSH (host de scripts do Windows) permite que os scripts sejam executados diretamente no Windows clicando duas vezes ou digitando o nome de um arquivo de script em um prompt de comando. Como o Microsoft Internet Explorer, o WSH funciona como um controlador de mecanismos de script ActiveX. O WSH possui requisitos muito baixos de memória e é ideal para necessidades de script interativos e não interativos (como script de logon e script administrativo).

Mais Informações

O WSH suporta scripts escritos no Microsoft Visual Basic Scripting Edition (VBScript) ou no JavaScript. Ao iniciar um script, o host de script lê e passa o conteúdo especificado do arquivo de script para o mecanismo de script registrado. O mecanismo de script usa extensões de arquivo (.vbs para VBScript; .js para JavaScript) para identificar o script em vez de usar a marca SCRIPT (usada em HTML). Por isso, o criador do script não precisa estar familiarizado com a identificação de programação (ProgID) exata de diversos mecanismos de script. O próprio host de script mantém um mapeamento de extensões de script para o ProgIDs e usa o modelo de associação do Windows para iniciar o mecanismo apropriado para um determinado script.

Existem duas versões do WSH: uma versão com base no Windows (Wscript.exe) que fornece propriedades com base no Windows para configuração de propriedades de script e uma versão com base em prompt de comando (Cscript.exe) que fornece opções de linha de comando para configuração de propriedades de script. É possível executar uma dessas versões digitando "wscript.exe" ou "cscript.exe" em um prompt de comando.

Em versões mais antigas do Windows, a única linguagem de script nativa suportada era a linguagem de comandos do MS-DOS. Apesar do MS-DOS ser rápido e pequeno, ele possui recursos limitados quando comparado ao VBScript e ao JavaScript. A arquitetura de script do ActiveX permite que os usuários aproveitem essas ótimas linguagens de script, enquanto fornece suporte para scripts de comando do MS-DOS.

Para executar scripts usando o host de script com base no Windows (Wscript.exe)

  1. Em um prompt do comando, digite wscript.exe e pressione ENTER.
  2. Defina as propriedades de host do script que deseja e clique em OK.
  3. No Windows Explorer ou em Meu computador, clique duas vezes no arquivo de script que deseja executar.
OBSERVAÇÃO: Se clicar duas vezes em um arquivo de script do qual a extensão ainda não foi associada com o Wscript.exe, uma caixa de diálogo Abrir com aparecerá, solicitando o programa que deverá ser usado para abrir o arquivo. Após escolher Host de script com base no Windows (wscript.exe), se marcar a caixa de diálogo Usar sempre este programa para abrir estes arquivos, o Wscript.exe será registrado como o programa padrão para todos os arquivos que possuírem a mesma extensão que o arquivo no qual clicou duas vezes.

Também é possível definir as propriedades para um script individual clicando com o botão direito do mouse em um arquivo de script em Meu computador ou no Windows Explorer, clicando em Propriedades e na guia Script.

Para definir as propriedades para scripts individuais

  1. No Windows Explorer ou em Meu computador, clique com o botão direito do mouse no arquivo de script para o qual deseja especificar as propriedades individuais e clique em Propriedades.
  2. Clique na guia Script, defina as opções que deseja usar para o script e clique em OK.
OBSERVAÇÃO: As configurações da propriedade são salvas em um arquivo com uma extensão de arquivo .wsh. Por exemplo, se o nome do arquivo de script for Chart.vbs, as configurações serão salvas em um arquivo de texto chamado Chart.wsh.

Um arquivo .wsh é um arquivo de texto que usa um formato semelhante ao formato dos arquivos .ini. Um arquivo .wsh contém uma seção [ScriptFile], que identifica o arquivo de script com o qual o arquivo .wsh está associado e uma seção [Options], que corresponde às configurações selecionadas na guia Script.

Um arquivo .wsh é análogo aos arquivos .pif usados para executar programas antigos de 16 bits com base no Window com base no MS-DOS. Ele pode ser tratado como se fosse um arquivo executável ou em lotes. Por exemplo, se você possuir um script chamado Myscript.vbs para o qual você criou um arquivo .wsh chamado Myscript.wsh, poderá executar o Myscript.vbs com as opções registradas no Myscript.wsh clicando duas vezes em Myscript.wsh no Windows Explorer ou passando o Myscript.wsh como um argumento de script ao Cscript.exe ou ao Wscript.exe em um prompt de comando.


Para obter informações adicionais sobre o WSH, consulte o seguinte site da Microsoft (em inglês):
http://msdn.microsoft.com/library/default.asp?url=/library/en-us/script56/html/d78573b7-fc96-410b-8fd0-3e84bd7d470f.asp?frame=true

Propriedades

ID do artigo: 232211 - Última revisão: terça-feira, 30 de janeiro de 2007 - Revisão: 4.2
A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows 2000 Server
  • Microsoft Windows 2000 Advanced Server
  • Microsoft Windows 2000 Professional Edition
  • Microsoft Windows 2000 Datacenter Server
Palavras-chave: 
kbhowto KB232211

Submeter comentários

 

Contact us for more help

Contact us for more help
Connect with Answer Desk for expert help.
Get more support from smallbusiness.support.microsoft.com