Como resolver problemas de dispositivos desconhecidos listados no 'Gestor de dispositivos' no Windows 2000

Traduções de Artigos Traduções de Artigos
Artigo: 244601 - Ver produtos para os quais este artigo se aplica.
Este artigo foi publicado anteriormente em PT244601
Expandir tudo | Reduzir tudo

Nesta página

Sumário

Quando visualizar informações sobre o dispositivo no seu computador baseado em Windows utilizando o Gestor de dispositivos (Device Manager), poderá ver um dispositivo desconhecido listado perto de um ponto de interrogação amarelo. Determinar a causa deste dispositivo desconhecido pode ser difícil. dado que existem poucas informações relativamente ao que o poderá estar a criar. Este artigo descreve as causas possíveis que justifiquem a presença de um dispositivo desconhecido no Gestor de dispositivos (Device manager).

Mais Informação

Seguem-se as razões mais comuns pelas quais o Gestor de dispositivos (Device Manager) poderá listar um dispositivo como desconhecido:

O dispositivo não tem um controlador de dispositivo

Quando um controlador de dispositivo não está disponível para um dispositivo, o Gestor de dispositivos (Device Manager) apresenta o dispositivo como desconhecido e coloca-o na pasta Outros dispositivos (Other devices). Isto é muito frequente com os dispositivos USB (Universal Serial Bus) e IEEE 1394 (Institute of Electrical and Electronics Engineering 1394) compostos. Também poderá ser apresentado um estado do tipo Código de erro 1 (Error Code 1) ou Código de erro 10 (Error Code 10) quando visualizar as propriedades do dispositivo no Gestor de dispositivos (Device Manager).

Nota: a maior parte dos dispositivos USB e IEEE 1394 são concebidos para funcionarem correctamente sem controladores de dispositivo adicionais, dado que são configurados e activados pelos controladores incluídos no Windows para estes tipos de barramento. No entanto, será necessário um controlador de dispositivo adicional se o dispositivo não encontrar correspondência nos controladores de classe definidos e fornecidos com o Windows. Se o barramento não conseguir identificar o dispositivo, interpretá-lo-á como um dispositivo composto e indicá-lo-á como tal no Gestor de dispositivos (Device Manager).

Está a utilizar um controlador de dispositivo do Windows 98 ou do Windows 95

Não pode utilizar ficheiros de controlador de dispositivo virtual (.vxd) comuns a controladores do Windows 98 ou Windows 95 com o Windows 2000. Se tentar instalá-los no computador com o Windows 2000 poderá fazer com que o dispositivo seja listado como desconhecido no Gestor de dispositivos (Device Manager). Normalmente, isto ocorre quando o fabricante do controlador de dispositivo não diferencia correctamente os dois controladores ou parte do princípio de que o Windows 2000 suporta a utilização de ficheiros .vxd do Windows 98 ou do Windows 95.

ID de dispositivo não reconhecido

Todos os dispositivos de hardware têm um identificador especial utilizado pelo Plug and Play. Este identificador pode consistir em vários tipos diferentes como, por exemplo, ID do fornecedor, ID do dispositivo, ID do subsistema, ID do fornecedor do subsistema ou ID da revisão. Se não existir um ID de dispositivo ou se o computador com o Windows 2000 não reconhecer o ID do dispositivo, o Gestor de dispositivos (Device Manager) poderá listar o dispositivo como desconhecido.

Nota: os programas de software que requerem rotinas virtuais no hardware poderão criar estes dispositivos. Por exemplo, o Compaq Insight Manager cria dispositivos virtuais para monitorizar e comunicar com o hardware. A actualização de um computador que tenha o Compaq Insight Manager instalado para o Windows 2000 poderá gerar um dispositivo desconhecido no Gestor de dispositivos (Device Manager), uma vez que as versões mais antigas do software não fornecem as definições adequadas para estes dispositivos virtuais. Os dispositivos que criam bridges entre tipos de barramento como, por exemplo, um controlador de dispositivo que permite a um dispositivo de porta paralela emular um barramento SCSI ou ATAPI, também são conhecidos por gerarem um dispositivo desconhecido no Gestor de dispositivos (Device Manager).

Hardware ou firmware com erros

Seguem-se cenários possíveis em que hardware ou firmware com erros poderá provocar a apresentação de dispositivos desconhecidos no Gestor de dispositivos (Device Manager):

Dispositivo virtual criado com software

Os controladores de dispositivo só de software não apresentam um ID de dispositivo, não existindo nenhum método padrão para instalar estes dispositivos. Alguns fabricantes instalam o dispositivo utilizando o programa de instalação InstallShield ou um método semelhante. Tenha em atenção que o software instalado mediante outros métodos poderá não ser completamente eliminado quando o dispositivo for removido do Gestor de dispositivos (Device Manager), podendo ser necessário consultar o registo do computador para verificar se foram removidas todas as entradas.

Utilize um dos métodos que se seguem para determinar se o software está a criar um dispositivo desconhecido:
  • Embora não seja 100 por cento fiável, iniciar o computador em modo de segurança pode ser uma das formas mais simples de determinar se o software está a criar o dispositivo desconhecido. Ao iniciar sessão no computador, prima F8, seleccione Modo de segurança (Safe Mode) e prima ENTER. Se o dispositivo desconhecido já não estiver listado no Gestor de dispositivos (Device Manager), é possível que o dispositivo desconhecido não seja hardware.
  • Se suspeitar que um determinado programa de software poderá estar a criar o dispositivo desconhecido, consulte a pasta Arranque (Startup) no computador para saber quais são os programas configurados para serem iniciados durante o arranque. Além disso, a consulta da barra de menus pode indicar-lhe quais são os programas iniciados automaticamente; no entanto, é de lembrar que alguns programas que poderão estar configurados para serem iniciados no arranque não aparecem na pasta Arranque (Startup).
  • A ferramenta Informações de sistema (System Information) pode revelar-se útil para diagnosticar a causa de um dispositivo desconhecido. Para executar a ferramenta Informações de sistema (System Information):

    1. Clique em Iniciar (Start), aponte para Programas (Programs), aponte para Ferramentas administrativas (Administrative Tools) e, em seguida, clique em Gestão de computadores (Computer Management).
    2. Na caixa de diálogo Gestão de computadores (Computer Management), clique na pasta Informações de sistema (System Information), faça duplo clique na pasta Ambiente de software (Software Environment) e, em seguida, faça duplo clique na pasta Programas de arranque (Startup Programs).
    3. É apresentada uma lista completa de todos os programas configurados para serem iniciados no arranque.
    Em seguida, deve consultar o registo de eventos e procurar erros relacionados com estes programas, para determinar se existe algum que não esteja a funcionar correctamente. Se localizar um evento relacionado, desinstale o programa associado. Tenha em atenção que, pelo facto de um programa estar a criar um dispositivo desconhecido, não significa que o programa não esteja a funcionar, a menos que este dependa do dispositivo para iniciar o programa associado.
  • É possível ver todos os componentes presentes no computador, incluindo os controladores necessários ao funcionamento dos componentes. Para ver os componentes instalados no computador:

    1. Clique em Iniciar (Start), aponte para Programas (Programs), aponte para Ferramentas administrativas (Administrative Tools) e, em seguida, clique em Gestão de computadores (Computer Management).
    2. Na caixa de diálogo Gestão de computadores (Computer Management), faça duplo clique em Ferramentas do sistema (System Tools).
    3. Faça duplo clique em Informações de sistema (System Information) e, em seguida, faça novamente duplo clique na pasta Componentes (Components).
  • Verifique a pasta Dispositivos com problemas (Problem Devices) localizada na pasta Componentes (Components).

    NOTA: siga os passos do método anterior para visualizar a pasta Componentes (Components).

    São listadas as colunas que se seguem:

    • A coluna Dispositivo (Device) lista o nome comum do dispositivo ou o nome do controlador de dispositivo associado.
    • A coluna ID do dispositivo PNP (PnP Device ID) lista ID de dispositivos, tais como o ID de PCI (Peripheral Component Interconnect), o ID de ISA (Industry Standard Architecture), um ID para outro tipo de barramento ou um tipo desconhecido.
    • A coluna Código de erro (Error Code) lista o código de erro associado a este problema específico. Em muitos casos, o código de erro do Gestor de dispositivos (Device Manager) ajuda a determinar o que criou o dispositivo desconhecido. Por exemplo, se o computador gerar uma mensagem de erro do tipo "Controlador de dispositivo danificado ou em falta" ("Bad or missing device driver"), poderão ser listados três tipos de entradas na pasta Dispositivos com problemas (Problem Devices), dependendo do tipo de dispositivo:

      • ID do dispositivo PNP PCI:

        Nome do dispositivo | PCI\VEN_00000&DEV_0000&SUBSYS_00000000&REV_00\0&0000 | Código de erro
      • ID de PNP ISA:

        Nome do dispositivo | ?\PNP0000\0
      • Controlador de dispositivo danificado ou incompatível:

        Nome do dispositivo | ROOT\UNKNOWN\0000
  • As informações listadas no ficheiro Setupapi.log podem revelar-se úteis na identificação do que poderá ter criado o dispositivo desconhecido, desde que este tenha um nome com significado. Por vezes, o nome do dispositivo listado pode induzir em erro. Por exemplo, um dispositivo poderá estar listado como sendo um dispositivo série no Gestor de dispositivos (Device Manager), quando, na realidade, não está relacionado com uma porta série. Normalmente, isto ocorre quando existe um ID parcial de Plug and Play disponível e o Gestor de dispositivos (Device Manager) o interpreta como sendo um dispositivo série. Esta interpretação pode ocorrer devido a um ID compatível especificado pelo dispositivo. Mais uma vez, este problema pode ser corrigido localizando o programa de arranque que pode estar com problemas.

    Tenha em atenção que a simples remoção do dispositivo desconhecido do Gestor de dispositivos (Device Manager) não resultará se o dispositivo desconhecido estiver a ser criado por um programa de software. Terá de desinstalar o programa que o cria e, em seguida, reiniciar o computador. Além disso, se o dispositivo desconhecido ainda constar da lista depois de reiniciar o computador em modo de segurança, contacte o suporte técnico da Microsoft para obter ajuda na remoção do dispositivo.

Dispositivos de hardware

O isolamento de dispositivos de hardware não é tão complexo como o isolamento de dispositivos virtuais, podendo ser utilizado um dos seguintes métodos:
  • Remova os dispositivos de hardware do computador um de cada vez até que o dispositivo desconhecido desapareça da lista do Gestor de dispositivos (Device Manager). Tenha em atenção que este método pode ser lento e nem sempre fiável.
  • Verifique se o controlador de dispositivo está assinado digitalmente. Se, durante a instalação do controlador de dispositivo, o Windows 2000 detectar que um controlador de dispositivo não está assinado digitalmente, será gerada a seguinte mensagem de erro:
    Não assinado digitalmente
    Tenha em atenção que mesmo que um controlador de dispositivo tenha sido assinado digitalmente, poderá ser listado como dispositivo desconhecido no Gestor de dispositivos (Device Manager). Tenha igualmente em atenção que o utilizador poderá não ver esta mensagem de erro caso esta tenha sido desactivada.

    Nota: estão disponíveis informações sobre como assinar controladores de dispositivo digitalmente no seguinte Web site da Microsoft, assim como através da utilização da ferramenta Device Driver Kit (DDK):
    http://www.microsoft.com/whdc/devtools/ddk/default.mspx
É possível bloquear a instalação de controladores de dispositivo não assinados, o que poderá constituir uma boa abordagem em servidores essenciais no sentido de impedir tentativas deliberadas de desestabilização do servidor. Para impedir a instalação de controladores de dispositivo não assinados:
  1. Clique em Iniciar (Start), aponte para Definições (Settings) e clique em Painel de controlo (Control Panel).
  2. Faça duplo clique em Sistema (System) e clique no separador Hardware.
  3. Clique em Assinatura dos controladores (Driver Signing) e em Bloquear - Impedir a instalação de ficheiros não assinados (Block - Prevent installation of unsigned files).
  4. Clique em OK e, em seguida, clique em OK.
Para visualizar uma lista de dispositivos carregados que não estão assinados digitalmente, utilize um dos seguintes métodos:
  • Consulte o ficheiro Setupapi.log para obter as entradas parecidas com as seguintes:
    O ficheiro (D:\WINNT\inf\ntapm.inf) não está assinado digitalmente, a ignorar data do controlador.
    A instalar a secção epatapi_inst from d:\documents and settings\nome do utilizador\os meus documentos (my documents)\parallel port test drivers\epatapnt.inf. Foi instalado um controlador não assinado ou assinado incorrectamente (d:\documents and settings\nome do utilizador\os meus documentos [my documents]\parallel port test drivers\epatapnt.inf) para a placa ATAPI paralela.. Erro 0xe000022f: O INF de outro fabricante não contém informações de assinatura digital. A copiar o ficheiro d:\documents and settings\nome do utilizador\os meus documentos (my documents)\parallel port test drivers\epatapnt.mpd to D:\WINNT\System32\DRIVERS\epatapnt.mpd. Foi instalado um controlador não assinado ou assinado incorrectamente (d:\documents and settings\nome do utilizador\os meus documentos [my documents]\parallel port test drivers\epatapnt.mpd) foi instalado para a placa ATAPI paralela.. Erro 0xe000022f: O INF de outro fabricante não contém informações de assinatura digital.
    em que nome do utilizador é o nome de um utilizador.
  • Utilize a ferramenta Sigverif.exe, que lhe permite criar um ficheiro de registo com todos os controladores não assinados instalados no computador. O ficheiro de registo Sigverif.txt criado pela ferramenta Sigverif.exe encontra-se na pasta %SystemRoot% e pode ser visualizado utilizando um editor de texto, como, por exemplo, o Bloco de notas (Notepad). Para executar a ferramenta Sigverif.exe:

    1. Clique em Iniciar (Start), clique em Executar (Run), escreva sigverif e, em seguida, clique em OK.
    2. Clique em Avançadas (Advanced) e em Procurar outros ficheiros que não estejam assinados digitalmente (Look for other files that are not digitally signed) no separador Procurar (Search).
    3. Clique para seleccionar a caixa de verificação Incluir subpastas (Include subfolders) e, em seguida, clique em Procurar (Browse).
    4. Localize e, em seguida, clique na pasta %SystemRoot%\System32\Drivers, clique em OK e, em seguida, clique em Iniciar (Start).
    Poderá ocorrer alguma demora enquanto o computador compila uma lista completa de controladores não assinados. Verifique a lista de controladores não assinados e, em seguida, verifique se o fabricante do controlador tem um controlador actualizado que esteja assinado digitalmente.
Os dispositivos USB baseados em versões anteriores da especificação USB poderão criar dispositivos replicados que aparecem quando o dispositivo é ligado, desaparecendo, depois, quando o dispositivo é desligado. Além disso, o dispositivo poderá funcionar perfeitamente, mas criar um dispositivo desconhecido não associado, o que, regra geral, pode ser provocado por firmware desactualizado ou mal configurado. Neste caso, contacte o fabricante do dispositivo para obter firmware actualizado.

Os dispositivos replicados também poderão aparecer se o utilizador instalar manualmente um controlador para um dispositivo Plug and Play que o computador já tenha detectado e instalado. Normalmente, os dispositivos Plug and Play não são listados quando os dispositivos são instalados manualmente através do Assistente de hardware (Hardware Wizard). Uma vez que os utilizadores não conseguem ver o respectivo dispositivo na lista, poderão partir do princípio de que este não é suportado e, em seguida, forçar uma instalação utilizando outro controlador de dispositivo, provocando o aparecimento do dispositivo replicado. Normalmente, a eliminação do dispositivo replicado resolve este problema.

Os produtos de outros fabricantes referidos neste artigo são fabricados por empresas independentes da Microsoft. A Microsoft não concede nenhuma garantia, implícita ou de outra natureza, relativamente ao desempenho ou à fiabilidade destes produtos.

Propriedades

Artigo: 244601 - Última revisão: 15 de outubro de 2004 - Revisão: 4.1
A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows 2000 Server
  • Microsoft Windows 2000 Advanced Server
  • Microsoft Windows 2000 Professional Edition
  • Microsoft Windows 2000 Datacenter Server
Palavras-chave: 
kberrmsg kbhowto kbtshoot kbtool kbhardware kbhw kb3rdparty KB244601

Submeter comentários

 

Contact us for more help

Contact us for more help
Connect with Answer Desk for expert help.
Get more support from smallbusiness.support.microsoft.com