Comparação das arquitecturas de memória de 32 bits e 64 bits para as edições de 64 bits do Windows XP e do Windows Server 2003

Traduções de Artigos Traduções de Artigos
Artigo: 294418 - Ver produtos para os quais este artigo se aplica.
Este artigo foi publicado anteriormente em PT294418
Expandir tudo | Reduzir tudo

Nesta página

Sumário

Na seguinte tabela, o máximo de recursos aumentados de computadores baseados em versões de 64 bits do Windows e do processador Intel de 64 bits é comparado com o máximo de recursos de 32 bits existentes.
Reduzir esta tabelaExpandir esta tabela
Componente de arquitecturaVersões de 64 bits do WindowsVersões de 32 bits do Windows
Memória virtual16 terabytes4 GB
Tamanho do ficheiro de paginação512 terabytes16 terabytes
Hiperespaço8 GB4 MB
Bloco de memória paginado128 GB470 MB
Memória de sistema128 GB256 MB
Cache do sistema1 terabyte1 GB
PTEs do sistema128 GB660 MB

Mais Informação

Memória virtual

Este é um método que permite aumentar a memória física disponível de um computador. Num sistema de memória virtual, o sistema operativo cria um ficheiro de paginação, ou ficheiro de comutação, e divide a memória em unidades denominadas páginas. As páginas referenciadas recentemente encontram-se na memória física, ou RAM. Se uma página de memória não for referenciada durante algum tempo, é escrita no ficheiro de paginação. Este processo designa-se por "comutação" (swapping) ou "paginação para disco" (paging out) da memória. Se essa parte da memória for mais tarde referenciada por um programa, o sistema operativo lê a página de memória do ficheiro de paginação e coloca-a novamente na memória física, procedimento igualmente designado por "comutação" (swapping) ou "paginação para memória" (paging out). A quantidade total de memória disponível para programas é a quantidade de memória física no computador, para além do tamanho do ficheiro de paginação. A curto prazo, mesmo as aplicações de 32 bits beneficiarão do aumento do espaço de endereçamento da memória virtual quando utilizarem edições x64 do Windows. As aplicações compiladas com a opção /LARGEADDRESSAWARE, como é necessário para tirar partido do parâmetro /3GB nas versões de 32 bits do Windows, poderão atribuir automaticamente 4 GB de memória virtual sem quaisquer parâmetros de arranque ou alterações às versões x64 do Windows. Além disso, o sistema operativo não tem de partilhar esses 4 GB de espaço. Por conseguinte, não existem quaisquer restrições.

Ficheiro de paginação

É um ficheiro em disco utilizado pelo computador para aumentar a quantidade de memória física para memória virtual.

Hiperespaço

Esta é uma região especial utilizada para mapear a lista do conjunto de trabalho de um processo e para mapear temporariamente outras páginas físicas para operações como, por exemplo, preencher com zeros uma página na lista de livres (quando a lista de zeros está vazia e a página de zeros é necessária), invalidar entradas da tabela de páginas noutras tabelas de páginas (como quando uma página é removida da lista de espera) e, em relação à criação de processos, definir o espaço de endereços de um novo processo.

Bloco de memória paginado

Esta é uma região de memória virtual em espaço de sistema que pode ser paginada para a memória ou para o disco do conjunto de trabalho do processo de sistema. O bloco de memória paginado é criado durante a inicialização do sistema e é utilizado por componentes em modo Kernel para atribuição de memória de sistema. Os sistemas com apenas um processador têm dois blocos de memória paginados e os sistemas com vários processadores têm quatro. Ter mais do que um bloco de memória paginado reduz a frequência de bloqueios de códigos de sistema em chamadas simultâneas de rotinas do bloco.

Memória de sistema

Este é um conjunto de memória constituído por intervalos de endereços virtuais de sistema garantidos como estando sempre residentes em memória física, podendo ser acedidos a partir de qualquer espaço de endereçamento sem recorrer à entrada/saída de paginação (paging input/output). A memória de sistema é criada durante a inicialização do sistema e é utilizada por componentes em modo Kernel para atribuição de memória de sistema.

Cache do sistema

São páginas utilizadas para mapear ficheiros abertos na cache do sistema.

PTEs de sistema

Conjunto de entradas da tabela de páginas (PTEs, Page Table Entries) utilizado para mapear páginas de sistema, como o espaço de E/S, pilhas de Kernel e listas de descritores de memória. Os programas de 64 bits utilizam um modelo de optimização de 16 terabytes (8 terabytes para utilizador e 8 terabytes para Kernel). Os programas de 32 bits ainda utilizam o modelo de optimização de 4 GB (2 GB para utilizador e 2 GB para Kernel). Isto significa que os processos de 32 bits executados em versões de 64 bits do Windows são executados com um modelo de optimização de 4 GB (2 GB para utilizador e 2 GB para Kernel). As versões de 64 bits do Windows não suportam a utilização do parâmetro /3GB nas opções de arranque. Teoricamente, um ponteiro de 64 bits poderá endereçar até 16 exabytes. Actualmente, as versões de 64 bits do Windows têm implementado um espaço de endereçamento até 16 terabytes.

Propriedades

Artigo: 294418 - Última revisão: 25 de setembro de 2006 - Revisão: 5.1
A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows Server 2003, Standard x64 Edition
  • Microsoft Windows Server 2003, Enterprise x64 Edition
  • Microsoft Windows Server 2003, Datacenter x64 Edition
  • Microsoft Windows XP Professional x64 Edition
Palavras-chave: 
kbinfo kbenv kbfaq KB294418

Submeter comentários

 

Contact us for more help

Contact us for more help
Connect with Answer Desk for expert help.
Get more support from smallbusiness.support.microsoft.com