Como manter o banco de dados do Jet 4.0 em perfeitas condições de funcionamento

Traduções deste artigo Traduções deste artigo
ID do artigo: 303528 - Exibir os produtos aos quais esse artigo se aplica.
Este artigo foi publicado anteriormente em BR303528
Expandir tudo | Recolher tudo

Neste artigo

Sumário

Por padrão, o Microsoft Jet é o mecanismo de banco de dados usado pelo Microsoft Access. Este artigo descreve uma lista das melhores práticas que podem ser usadas para ajudar a manter o banco de dados do Jet em perfeitas condições de funcionamento. O artigo descreve bancos de dados executados em ambientes com apenas um e com vários usuários.

Melhores práticas

Esta seção aplica-se a todos os bancos de dados do Jet, mesmo que você seja um usuário exclusivo do banco do dados ou que o banco de dados seja usado por vários usuários em uma rede.

Verificar se o último service pack do sistema operacional está instalado

Instale o service pack mais recente do sistema operacional.

Para verificar se os service packs mais recentes estão relacionados no sistema operacional, consulte o seguinte site da Microsoft: Se você estiver em um ambiente de rede, verifique se o servidor de arquivos da rede tem o service pack do sistema operacional mais recente. Isso assegura que o servidor de arquivos da rede tenha as atualizações mais recentes para o redirecionador de rede e o sistema de arquivos.

Verificar se o último service pack do Microsoft Jet está instalado

Para obter informações adicionais sobre como adquirir a versão mais recente do mecanismo de banco de dados do Jet 4.0, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados do Conhecimento da Microsoft:
239114 Como obter o service pack mais recente para o mecanismo de banco de dados Microsoft Jet 4.0
Caso trabalhe em um ambiente de rede, você deve instalar o service pack mais recente do Microsoft Jet em todos os computadores cliente. Não é necessário instalar o service pack do Microsoft Jet no servidor de arquivos de rede a menos que ele também execute um ou mais aplicativos que utilizem o Microsoft Jet.

Usar um design eficiente de banco de dados

Um banco de dados com design eficiente melhora o desempenho do banco de dados. Um banco de dados desse tipo também ajuda na redução do risco de danos no arquivo. Para obter informações adicionais sobre as melhores práticas para o design de um banco de dados, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados do Conhecimento da Microsoft:
289533 Onde encontrar informações sobre o design de um banco de dados no Microsoft Access

Usar um formato de arquivo compatível do banco de dados do Jet com a versão do Mecanismo Jet em uso

Para obter um melhor desempenho e estabilidade, use um banco de dados no formato do Microsoft Jet 4.0 ao usar um cliente do Microsoft Jet 4.0. Da mesma forma, use um banco de dados no formato do Microsoft Jet 3.0 ao utilizar um cliente do Microsoft Jet 3.5.

A seguinte tabela relaciona os formatos atualmente disponíveis do Jet. A tabela a seguir também relaciona qual é a dll conversora usada na comunicação com o formato do Jet ao utilizar um cliente do Jet 4.0:

   Versão do Access	Formato do Jet    dll Conversora Usada
   --------------	----------    -------------------
    Access 2.0    	Jet 2.0       Msrd2x40.dll
    Access 95     	Jet 3.0       Msrd3x40.dll
    Access 97     	Jet 3.0       Msrd3x40.dll
    Access 2000   	Jet 4.0       nenhuma
    Access 2002 	Jet 4.0       nenhuma
    Access 2003  	Jet 4.0       nenhuma
				
A tabela a seguir mostra que o Microsoft Access 95 e o Access 97 criam um arquivo de banco de dados no formato do Microsoft Jet 3.0. Access 2000, Access 2002 e Office Access 2003 criam um arquivo de banco de dados no formato do Microsoft Jet 4.0. Ao utilizar um cliente do Microsoft Jet 4.0, use um arquivo de banco de dados no formato do Microsoft Jet 4.0 para evitar o uso de uma dll conversora. Caso use um cliente do Microsoft Jet 3.5, recomendamos que você use um banco de dados no formato do Microsoft Jet 3.0.

A seguinte tabela relaciona os clientes do Mecanismo do banco de dados do Microsoft Jet mais usados e a versão do Mecanismo do banco de dados do Jet associado usado pelo cliente do mecanismo:

	Aplicação cliente	Mecanismo do banco de dados do Jet usado	Formato do banco de dados do Jet recomendado
    -------------------------   ------------------------       --------------------------------
	Access 2.0			Jet 2.0				Jet 2.0
	Access 95			Jet 3.0				Jet 3.0
	Access 97			Jet 3.5				Jet 3.0
	Access 2000			Jet 4.0				Jet 4.0
	Access 2002			Jet 4.0				Jet 4.0
	Office Access 2003		Jet 4.0				Jet 4.0
	DAO 3.0				Jet 3.0				Jet 3.0
	DAO 3.5				Jet 3.5				Jet 3.0
	DA0 3.6				Jet 4.0				Jet 4.0
	Microsoft.JET.OLEDB.3.51	Jet 3.5				Jet 3.0
	Microsoft.Jet.OLEDB.4.0`	Jet 4.0				Jet 4.0
	Access ODBC Driver		Jet 4.0				Jet 4.0
				
Observação O driver ODBC do Microsoft Access incluído no MDAC 2.0 ou anterior usa o Microsoft Jet 3.5. O driver de ODBC do Microsoft Access que é incluído no MDAC 2.1 ou anterior usa o Microsoft Jet 4.0. O MDAC 2.6 e versões posteriores não incluem o driver de ODBC do Microsoft Access.

Em certas situações, como acontece quando há aplicativos novos e antigos do Jet compartilhando o mesmo arquivo do banco de dados, talvez não seja possível usar o formato mais recente do arquivo de banco de dados do Jet. Isso ocorre porque os mecanismos mais antigos não conseguem ler ou gravar em um formato de arquivo de banco de dados mais novo. Por isso, é preciso usar o formato mais antigo e as dlls conversoras.

Não usar palavras e caracteres reservados para nomes de objeto e campo

Não use palavras e caracteres reservados ao nomear objetos e campos no banco de dados. Palavras ou caracteres reservados usados sozinhos ou em combinação com outras palavras, mas entre espaços, podem causar danos no banco de dados.

Para obter informações adicionais sobre palavras e caracteres reservados no Microsoft Access, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados do Conhecimento da Microsoft:
286335 Palavras reservadas no Microsoft Access

Compactar periodicamente o banco de dados do Microsoft Jet

Se você fizer alterações freqüentes no banco de dados, as partes do banco de dados poderão se tornar fragmentadas. Por isso, execute periodicamente o utilitário Compactar banco de dados no Access. Se não tiver uma cópia do Access, ainda assim você poderá compactar o banco de dados, usando o utilitário JetComp.

Para obter informações adicionais sobre como adquirir o utilitário JetComp para o Microsoft Jet 4.0, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados do Conhecimento da Microsoft:
295334 Utilitário Jet compact está disponível no Centro de Download
A freqüência com que você compacta o banco de dados depende da quantidade de alterações nos dados. Se os dados não forem alterados com freqüência, não será preciso compactá-lo a toda hora. Se houver alterações freqüentes no banco de dados, compacte o banco de dados sempre. Embora não haja uma regra formal para a freqüência com que o banco de dados é compactado, recomendamos a compactação regular.

Os seguintes parágrafos descrevem o processo usado pelo Microsoft Jet para compactar o banco de dados.

Para obter informações adicionais sobre como compactar um banco de dados, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados do Conhecimento da Microsoft:
288631 Desfragmentar e compactar um banco de dados para melhorar o desempenho
O Mecanismo do banco de dados do Microsoft Jet trata o arquivo do banco de dados como uma seqüência de blocos com 4096 bytes. Esta é uma maneira similar à usada por um sistema de arquivos convencional ao tratar os dados no disco rígido. O conjunto completo dos registros em uma tabela do Microsoft Jet está armazenado em uma seqüência desses blocos. Cada bloco indica o próximo. Cada um pode manter um ou mais registros. Quantos registros são mantidos por um bloco depende de quantos campos e de quantos dados há em cada registro. Quando os registros forem adicionados e excluídos da tabela, os blocos da tabela ficarão fragmentados no arquivo do banco de dados.

Quando um banco de dados do Jet é compactado, os blocos são desfragmentados e cada tabela, colocada em um intervalo contíguo de blocos. Isso melhora o desempenho de leitura e gravação na tabela.

Os índices de um banco de dados do Access também são armazenados em blocos de 4096 bytes. Assim como os registros na tabela, eles se tornam fragmentados.

Quando o banco de dados do Jet é compactado, o Jet atualiza as estatísticas da tabela armazenadas no banco de dados. Uma estatística importante da tabela é o número de registros. Se o número de registros nas estatísticas da tabela diferem muito do número de registros atuais na tabela, o desempenho pode não ser tão bom. Por exemplo, se as estatísticas indicarem que há um número pequeno de registros na tabela, o otimizador do mecanismo de banco de dados do Jet não usará nenhum índice na tabela ao executar buscas ou entradas. Se efetivamente houver um pequeno número de registros, a eficiência será maior. Mas se houver muitos registros, isso poderá se tornar muito ineficiente. Por isso, se o banco de dados tiver um número grande de registros adicionados, excluídos e atualizados, compacte o banco de dados com mais freqüência.

O Microsoft Jet também otimiza novamente as consultas armazenadas no banco de dados durante a compactação. Isso reflete as estatísticas atualizadas da tabela. Por isso, o desempenho de consultas armazenadas pode ser melhorado com a compactação do banco de dados.

Fazer backup do arquivo do banco de dados do Microsoft Jet regularmente

Defina um agendamento de backup que corresponda aos dados que não podem ser perdidos. Por exemplo, se não houver problema em perder um dia de dados, faça o backup diariamente. Se puder perder uma semana, faça o backup semanalmente. Um backup de arquivo de banco de dados completo é a melhor maneira de garantir que você pode recuperar o seu arquivo de banco de dados do Microsoft Jet se ocorrer corrupção.

Importante Se você estiver em ambiente de rede, será preciso desligar todos os clientes do Microsoft Jet antes de fazer o backup do arquivo de banco de dados do Microsoft Access. Caso contrário, o arquivo de backup criado poderá ter dados incompletos ou inconsistentes. Teste sempre os backups para saber se eles estão funcionando corretamente.

Verificar se o service pack mais recente para versão do Office está instalado

A Microsoft fornece periodicamente service packs e atualizações para o Microsoft Office. Instale o service pack mais recente ou atualização do Office para a versão do Office a fim de melhorar o desempenho e a interoperabilidade com outros programas. Use o site de atualizações do Microsoft Office para instalar automaticamente todas as atualizações e service packs mais recentes. Para que o site detecte as atualizações a serem instaladas no computador, consulte o seguinte site da Microsoft:
http://office.microsoft.com/pt-br/downloads/maincatalog.aspx
Depois que o site detectar as atualizações mais recentes necessárias, será exibida uma lista das atualizações recomendadas para a sua aprovação. Clique em Concordar e Instalar para instalar as atualizações.

Melhores práticas adicionais para ambientes de rede

O Microsoft Jet é um sistema de banco de dados que compartilha arquivos. Isso significa que o processamento do arquivo acontece no cliente. Quando um banco de dados de compartilhamento de arquivos, como o Microsoft Jet, é usado em um ambiente com vários usuários, vários processos cliente usam operações de gravação e bloqueio de arquivos no mesmo arquivo compartilhado em uma rede. Se não for possível concluir um processo, o arquivo poderá ficar em um estado incompleto ou corrompido. Um processo pode não ser concluído devido a um dos seguintes motivos:
  • Um cliente pára inesperadamente
  • Uma conexão de rede com um servidor é perdida
O Microsoft Jet não deve ser usado com aplicativos de servidor muito usados, com utilização simultânea ou 24 horas por dia, sete dias por semana. Isso inclui aplicativos de servidor, como aplicativos de Web, aplicativos comerciais, de transações e de serviço de mensagens. Para esses tipos de aplicativos, a melhor solução é alternar para um sistema efetivamente com base em cliente/servidor, como o Microsoft Data Engine (MSDE) ou o Microsoft SQL Server. Ao usar o Microsoft Jet em aplicativos muito usados, como o IIS (Microsoft Internet Information Server), é possível que você enfrente um dos seguintes problemas:
  • Dano no banco de dados
  • Problemas de estabilidade, como falhas ou travamentos
  • Falha repentina ou persistente do driver ao se conectar a um banco de dados válido que exige a reinicialização do serviço IIS
As seções a seguir contêm recomendações a serem seguidas durante o compartilhamento de um arquivo de banco de dados do Microsoft Jet ou do Microsoft Access em um servidor de arquivos da rede.


Bloqueio oportunista, também chamado de oplock, no servidor de arquivos da rede


O bloqueio oportunista pode aumentar o risco de danos no banco de dados Jet quando há um arquivo compartilhado por dois ou mais clientes em um servidor de arquivos da rede. O problema se aplica a servidores de arquivo Microsoft Windows NT 4.0, Microsoft Windows 2000, e Novell que oferecem suporte ao bloqueio oportunista. Ele também se aplica a clientes que estejam executando Microsoft Windows NT 4.0, Microsoft Windows 2000 ou Microsoft Windows XP e que se conectam a um servidor de arquivos com suporte ao bloqueio oportunista.

Observação: Clientes que estejam executando o Microsoft Office Access 2003 devem ter o Windows 2000 SP3 ou mais recente, ou Windows XP ou um sistema operacional mais recente.

Para evitar o problema, é preciso instalar o Windows 2000 Service Pack 3 (SP3) ou mais recente no servidor de arquivos do Windows 2000 em que está o arquivo do banco de dados do Access. Em seguida, instale o service pack mais recente do Windows em todos os computadores cliente do Windows que se conectam ao servidor de arquivos do Windows 2000.

Para obter o service pack mais recente para o Windows, consulte o seguinte site da Microsoft:

Microsoft Windows Update
Se estiver usando o Windows NT 4.0 ou não quiser instalar o Windows 2000 SP3 ou mais recente, você poderá desativar o bloqueio oportunista para evitar o problema.

Importante Se o bloqueio oportunista for desativado, isso poderá afetar de maneira negativa o desempenho dos demais aplicativos. Se você tem questões sobre isso, contate o suporte técnico do Microsoft Windows.

Para obter informações adicionais sobre como desativar o bloqueio oportunista no Windows NT 4.0, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados do Conhecimento da Microsoft:
129202 Explicação sobre o bloqueio oportunista no Windows NT
Para obter informações adicionais sobre como desativar o bloqueio oportunista no Windows 2000, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados do Conhecimento da Microsoft:
296264 Configurando o bloqueio oportunista no Windows
Para desativar o bloqueio oportunista em um servidor de arquivos Novell, recomendamos que você entre em contato com o suporte técnico da Novell. Para obter informações sobre como entrar em contato com a Novell, clique no número apropriado da lista a seguir para ler o artigo na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
65416 Lista de informações para contato de fornecedores de hardware e software de terceiros, de A à K.

60781 Lista de informações para contato de fornecedores de hardware e software de terceiros, de L à P

60782 Lista de informações para contato de fornecedores de hardware e software de terceiros, de Q à Z
A Microsoft fornece informações para contato com outras empresas para ajudá-lo a encontrar o suporte técnico. Essas informações podem ser alteradas sem notificação prévia. A Microsoft não garante a precisão dessas informações.

Problemas a serem considerados ao compartilhar um bando de dados do Microsoft Jet

Não recomendamos o compartilhamento de um arquivo de banco de dados do Microsoft Jet armazenado em um compartilhamento de arquivos do Microsoft Windows 95, Microsoft Windows 98 ou Microsoft Windows Millennium Edition (Me) com clientes do Windows NT ou Windows 2000.

Se houver um ambiente com vários computadores em uma rede com alguns computadores com Windows 95, Windows 98, ou Windows Millennium Edition e outros com Windows NT ou Windows 2000, e você compartilhar o banco de dados com outros usuários da rede, recomendamos o armazenamento do arquivo de banco de dados e compartilhe em um servidor do Windows NT ou Windows 2000 sem a opção de bloqueio oportunista.

Poderá haver algum tipo de dano, se houver computadores cliente com Windows NT ou Windows 2000 que compartilham um arquivo armazenado no Windows 95, Windows 98 ou Windows Millennium Edition. O problema pode ocorrer mesmo com o cliente Windows NT ou Windows 2000 deixando a opção de bloqueio oportunista desativada. O problema ainda está sendo analisado. Publicaremos informações adicionais neste artigo, quando elas estiverem disponíveis.

Observação: Clientes que estejam executando o Microsoft Office Access 2003 devem ter o Windows 2000 SP3 ou mais recente, ou Windows XP ou um sistema operacional mais recente.

Usar um servidor de arquivos eficiente

Veja se há um servidor de arquivos eficiente capaz de processar o número de usuários e as solicitações feitas no arquivo do banco de dados do Microsoft Jet. Além disso, verifique se o servidor de arquivos não está sobrecarregado com o processamento de outros processos, como, por exemplo, o funcionamento como controlador de domínio do Windows, Exchange Server e SQL Server.

Também haverá um problema se o servidor for reiniciado para corrigir um problema com outro serviço importante, como o de email. Também haverá problemas quando o servidor for reiniciado após a aplicação de um novo software, service pack ou hotfix e você se esquecer de que o banco de dados do Microsoft Jet está atualmente compartilhado no servidor. Quando o servidor de arquivos for reiniciado, haverá uma interrupção inesperada das conexões cliente com o banco de dados. Isso pode causar danos no banco de dados. Para impedir que essa conexão cliente seja interrompida, todos os clientes devem fechar o banco de dados antes do servidor de arquivos ser reinicializado ou antes que as atualizações de software sejam aplicadas ao servidor de arquivos.

Um servidor de arquivos também deve ser colocado em um local seguro, em que não possa ser acidentalmente desligado. O servidor deve ter um UPS (Uninterrupted Power Supply) para ajudar na proteção contra quedas intermitentes ou oscilações de energia. O servidor de arquivos da rede também deve ter:
  • Unidades de disco rígido de alto desempenho
  • Placa de rede de alta qualidade
  • Muita RAM para assegurar o processamento da carga por parte do processador

Verificar a conectividade da rede

Veja se há uma rede estável e rápida com conectividade de rede estável com o servidor de arquivos da rede. Não recomendamos o uso do Microsoft Jet em uma WAN, conexão de modem, FTP, ou qualquer outro tipo de transporte de rede não-confiável. Por causa do Microsoft Jet ser um sistema de banco de dados de arquivo compartilhado, qualquer transporte de rede menos confiável aumenta as chances de um cliente ser derrubado. Isto pode aumentar as chances de corrupção de banco de dados.

Minimizar o número de conexões feitas a partir de cada cliente

Recomendamos que cada cliente use uma conexão com um banco de dados do Microsoft Jet. Cada conexão a um banco de dados Jet representa um cliente independente no banco de dados, mesmo quando essas conexões vem do mesmo processo de cliente.

Para otimizar o desempenho e a E/S de rede a fim de reduzir a carga de vários usuários no banco de dados back-end, defina o aplicativo cliente de forma a usar uma única conexão com o banco de dados Jet. Compartilhe a conexão em vários conjuntos de registros, conforme o necessário. Isso ainda propicia uma vantagem a mais de impedir atrasos de leitura e gravação no aplicativo cliente. Por padrão, há um atraso de cinco segundos entre a gravação de um valor no banco de dados e a possibilidade de leitura desse valor atualizado durante a gravação e a leitura em duas conexões Jet distintas. Isso acontece mesmo que as duas conexões estejam no mesmo processo cliente. Se você usa uma conexão única, isto evita este problema.

Usar ADO para acessar um banco de dados do Microsoft Jet

Ao acessar um banco de dados do Microsoft Jet a partir de ADO, recomendamos que você use o Microsoft Jet OLE DB Provider, em lugar do Microsoft Access ODBC driver. Para obter informações adicionais sobre esse tópico, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
299974 Usando o Microsoft Jet com IIS

Mudar para um mecanismo de banco de dados transacional a fim de ganhar integridade adicional

Diferentemente de um mecanismo de banco de dados com base em arquivo, um mecanismo de banco de dados com base em servidor, como o Microsoft SQL Server, processa todas as solicitações de vários cliente em um banco de dados no servidor. O servidor mantém registro dessas requisições num log de transações. Caso não seja possível atender a uma solicitação, o servidor retorna ou não processa essa solicitação. Isso reduz o risco do banco de dados permanecer em um estado incompleto ou corrompido.

Antes de atualizar a partir de um mecanismo de banco de dados com base em arquivo para um mecanismo de banco de dados com base em servidor, considere as vantagens e as desvantagens do processo. Para obter informações adicionais sobre como escolher o mecanismo de banco de dados mais apropriado para o fim, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados do Conhecimento da Microsoft:
168549 Escolhendo a documentação do banco de dados apropriado disponível no Centro de Download
Observação Embora tenha sido escrito para o Access 97, o documento também se aplica ao Jet 4.0 e ao Access 2000.

Referências

Para obter informações adicionais sobre o que fazer se o banco de dados já estiver corrompido, clique no número abaixo para ler o artigo na Base de Dados do Conhecimento da Microsoft:
306204 Como solucionar problemas de danos em um banco de dados do Microsoft Access

304701 ACC2002: Como solucionar problemas de danos em um banco de dados do Microsoft Access

824271 Descrição da solução de problemas em um banco de dados do Access 2003


Para obter informações adicionais sobre outros tópicos abordados no artigo anterior, clique nos seguintes números para consultar os artigos na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
200300 Como sincronizar gravações e leituras com o Jet OLE DB Provider e ADO
283849 Como solucionar problemas e reparar um banco de dados danificado do Access 2002 ou mais recente
299974 Usando o Microsoft Jet com IIS
296264 Configuração de bloqueio oportunista no Windows
129202 Explicação sobre o bloqueio oportunista no Windows NT
304408 Como desligar um aplicativo personalizado do Access remotamente
300216 Como manter o banco de dados do Jet 4.0 em perfeitas condições de uso

Propriedades

ID do artigo: 303528 - Última revisão: terça-feira, 23 de outubro de 2007 - Revisão: 6.4
A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Office Access 2003
  • Microsoft Access 2002 Standard Edition
  • Driver Microsoft Open Database Connectivity para Access 4.0
  • Microsoft OLE DB Provider for Jet 4.0
Palavras-chave: 
kbfaq kbhowtomaster KB303528

Submeter comentários

 

Contact us for more help

Contact us for more help
Connect with Answer Desk for expert help.
Get more support from smallbusiness.support.microsoft.com