Mensagem de erro "O servidor virtual do Windows SharePoint Services não foi configurado para uso com ASP.NET 2.0.xxxxx.0" ao conectar-se à página inicial de um site do Windows SharePoint Services

Traduções deste artigo Traduções deste artigo
ID do artigo: 894903 - Exibir os produtos aos quais esse artigo se aplica.
Expandir tudo | Recolher tudo

Sintomas

Considere a seguinte situação. Você instala o Microsoft Windows SharePoint Services em um servidor. O ISS 6.0 (Serviços de Informações da Internet da Microsoft) está configurado para uso com o Microsoft ASP.NET 2.0 naquele servidor. Ao conectar-se à página inicial de um site do Windows SharePoint Services, a seguinte mensagem de erro é exibida:
O servidor virtual do Windows SharePoint Services não foi configurado para uso com ASP.NET 2.0.xxxxx.0. Para obter mais informações, consulte o artigo 894903 da Base de Conhecimento Microsoft em http://support.microsoft.com/kb/894903.
Observe que "xxxxx" em "ASP.NET 2.0.xxxxx.0" indica a versão do ASP.NET 2.0 que está sendo executado.

Causa

O ASP.NET 2.0 implementa uma nova alteração de segurança que ajuda a travar a segurança de um servidor virtual em IIS 6.0. Em versões anteriores do ASP.NET, o código é executado no nível de confiança a ele atribuído. O nível de confiança é determinado pelo arquivo de diretiva de segurança de código de acesso. O arquivo Wss_minimaltrust.config é um exemplo de arquivo de diretiva de segurança de código de acesso especificado no arquivo Web.config.

A nova alteração de segurança no ASP.NET 2.0 restringe as permissões de páginas da Web, de Web parts e controla a intersecção entre o ASP.NET PermissionSet e o nível de confiança, no qual o código é executado. Nessa configuração, o ASP.NET PermissionSet é uma representação declarativa de um exempo de PermissionSet. Por padrão, o Windows SharePoint Services oferece privilégios mínimos para o ASP.NET PermissionSet. A alteração de segurança implementada no ASP.NET 2.0 faz com que alguns códigos sejam executados com privilégios reduzidos. Por exemplo: código de montagens em cache de montagem global executado anteriormente em nível de confiança total. Ao configurar o servidor virtual no IIS 6.0 para usar o ASP.NET 2.0, o código será executado com privilégios atribuídos ao ASP.NET PermissionSet. O bloqueio é incompatível com Windows SharePoint Services. Portanto, o bloqueio deve ser desabilitado no arquivo Web.config.

O ASP.NET 2.0 também inclui um novo recurso chamado validação de evento. A validação de evento monitora retornos de chamada para a infra-estrutura do ASP.NET e assegurar que a origem do retorno de chamada é igual ao destino do controle. Algumas páginas do Windows SharePoint Services usam retornos de chamada não associados a um controle em particular. Retornos de chamada que não estão associados a um controle em particular podem causar erros de execução em algumas páginas. Portanto, o Windows SharePoint Services 2.0 não é compatível com o recurso de validação de evento do ASP.NET 2.0. Ao configurar o aplicativo estendido ao Windows SharePoint Services da Web em um servidor com ASP.NET 2.0 instalado, é necessário desativar a validação de evento do ASP.NET 2.0.

Resolução

Use a ferramenta da linha de comando Stsadm.exe do Windows SharePoint Services para atualizar as configurações no arquivo Web.config. Para fazer isto, use o seguinte comando:
stsadm -o upgrade -forceupgrade -url http://URLdoServidorVirtual
O comando atualiza o arquivo Web.config localizado na pasta raiz do servidor virtual. Por exemplo: o comando atualiza o arquivo Web.config localizado na pasta Unidade:\Inetpub\Wwwroot. A operação de atualização faz as seguintes alterações:
  • O comando inclui o atributo processRequestInApplicationTrust na seguinte marca de confiança:
    <trust level="WSS_Minimal" originUrl="" />
    Após executar o comando, a marca de confiança é exibida conforme a seguir:
    <trust level="WSS_Minimal" originUrl="" processRequestInApplicationTrust="false" />
  • O comando inclui o seguinte elemento sob a marca de página:
    <namespaces> <remove namespace="System.Web.UI.WebControls.WebParts" /> </namespaces>
  • O comando inclui um atributo enableEventValidation na marca de <página>, na qual a marca original é a seguinte:
    <pages enableSessionState="false" enableViewState="true" enableViewStateMac="true" validateRequest="false"> </pages>
    Após o atributo ter sido adicionado, a marca é a seguinte:
    <pages enableSessionState="false" enableViewState="true" enableViewStateMac="true" validateRequest="false" enableEventValidation="false"> <namespaces> <remove namespace="System.Web.UI.WebControls.WebParts" /> </namespaces> </pages>

Mais Informações

Se você alterar a versão do ASP.NET usada pelo servidor virtual de ASP.NET 2.0 para ASP.NET 1.1, será necessário usar a ferramenta de linha de comando Stsadm.exe para atualizar as configurações do arquivo Web.config. Para fazer isto, use o seguinte comando:
stsadm -o upgrade -forceupgrade -url http://URLdoServidorVirtual
O comando remove os elementos adicionados anteriormente ao arquivo Web.config. Ou seja, as alterações a seguir são efetuadas no arquivo Web.config:
  • O comando remove o atributo processRequestInApplicationTrust na seguinte marca de confiança:
    <trust level="WSS_Minimal" originUrl="" processRequestInApplicationTrust="false" />
    Após executar o comando, a marca de confiança é exibida conforme a seguir:
    <trust level="WSS_Minimal" originUrl="" />
  • O comando remove o seguinte elemento sob a marca de página:
    <namespaces> <remove namespace="System.Web.UI.WebControls.WebParts" /> </namespaces>
Se você não executar o comando após configurar o servidor virtual para usar ASP.NET 1.1, a seguinte mensagem de erro será exibida:
Erro do servidor no '/' aplicativo
Ou, se o recurso CustomErrors estiver habilitado, a seguinte mensagem de erro será exibida:
Atributo 'processRequestInApplicationTrust' não reconhecido.

Origem do erro:
Linha 66:     <compilation batch="false" debug="false" /> Linha 67:     <pages enableSessionState="false" enableViewState="true" enableViewStateMac="true" validateRequest="false" /> Linha 68:     <trust level="WSS_Medium" originUrl="" processRequestInApplicationTrust="true"/> Linha 69:     <machineKey validationKey="A4CE4E781E8FCF0763F6D8309BB2394532B29E2DA9DD555F" decryptionKey="2AF183D38F95610298659AB9E30B9B1B4AC6A6D362D8D5F7" validation="SHA1" /> Linha 70:   </system.web> Arquivo de origem: c:\inetpub\wwwroot\web.config    Linha: 68

Referências

Para obter mais informações sobre a ferramenta de linha de comando Stsadm.exe, consulte os tópicos "Operações de linha de comando", "Parâmetros de linha de comando" e "Propriedades de linha de comando", e o capítulo "Referência" do Guia do Administrador do Microsoft Windows SharePoint Services. Para obter o Guia do Administrador do Microsoft Windows SharePoint Services, visite o seguinte site da Microsoft (em inglês):
http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=a637eff6-8224-4b19-a6a4-3e33fa13d230&displaylang=en

Propriedades

ID do artigo: 894903 - Última revisão: sexta-feira, 9 de março de 2007 - Revisão: 3.7
A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Windows® SharePoint Services
Palavras-chave: 
kberrmsg kbtshoot kbprb kbconfig KB894903

Submeter comentários

 

Contact us for more help

Contact us for more help
Connect with Answer Desk for expert help.
Get more support from smallbusiness.support.microsoft.com