Problemas conhecidos no desenvolvimento de soluções personalizadas para o Office Outlook 2007

Traduções de Artigos Traduções de Artigos
Artigo: 929590 - Ver produtos para os quais este artigo se aplica.
Expandir tudo | Reduzir tudo

Nesta página

Sumário

Este artigo apresenta uma descrição geral de alguns problemas conhecidos da plataforma de desenvolvimento do Outlook 2007. Estes problemas incluem alterações de localizações de comandos e alterações ao modo como o Outlook apresenta suplementos COM. Além disso, este artigo aborda as alterações de funcionalidades no Outlook 2007. Os problemas conhecidos mencionados neste artigo não estão directamente relacionados com o modelo de objecto, formulários personalizados do Microsoft Office Outlook 2003 ou de versões anteriores do Outlook, ou com as regiões do formulário no Outlook 2007.

INTRODUÇÃO

Este artigo aborda alguns problemas conhecidos no desenvolvimento de soluções personalizadas para o Microsoft Office Outlook 2007.

Este artigo poderá conter hiperligações para conteúdo em inglês (ainda não traduzido).

Mais Informação

O comando "Itens Desactivados" está agora localizado no menu Ajuda

No Outlook 2007, o comando Itens Desactivados foi movido da janela Acerca de para o menu Ajuda. Para aceder à caixa de diálogo Itens Desactivados, utilize um dos seguintes métodos.

Método 1

No menu Ajuda, clique em Itens Desactivados.

Método 2

  1. No menu Ferramentas, clique em Centro de Fidedignidade.
  2. No Painel de Navegação, clique em Suplementos.
  3. Na lista Gerir, seleccione Itens Desactivados e clique em Ir.

Os suplementos COM são desactivados quando inicia o Outlook 2007 utilizando o parâmetro /safe

Pode iniciar o Outlook 2007 e versões anteriores do Outlook utilizando o parâmetro /safe. Em versões anteriores do Outlook, o parâmetro /safe apenas desactiva as extensões de cliente do Microsoft Exchange (ECEs). No Outlook 2007, o parâmetro /safe também impede que os suplementos COM sejam carregados. Este comportamento tem sido detectado noutras aplicações do Office desde o Office 2000.

Para aceder à opção Permitir scripts em Pastas Partilhadas e à opção Permitir scripts em Pastas Públicas no Outlook 2007, siga estes passos:
  1. No menu Ferramentas, clique em Centro de Fidedignidade.
  2. No Painel de Navegação, clique em Segurança de Correio Electrónico.
Repare que as opções Permitir scripts em Pastas Partilhadas e Permitir scripts em Pastas Públicas estão localizadas em Scripts em Pastas.

As novas entradas de registo DontDisplayHKLMAddins ocultam suplementos COM

No Outlook 2007, pode utilizar a entrada de registo DontDisplayHKLMAddins para ocultar suplementos COM registados na chave
HKEY_LOCAL_MACHINE
. Quando oculta estes suplementos COM, os utilizadores não conseguem carregá-los. Quando activa a entrada de registo DontDisplayHKLMAddins, o Outlook 2007 tem o mesmo comportamento de versões anteriores do Outlook.

Para adicionar a entrada de registo DontDisplayHKLMAddins, siga estes passos:
  1. Clique em Iniciar, clique em Executar, escreva regedit na caixa Abrir e clique em OK.
  2. Localize e clique com o botão direito do rato na seguinte subchave:
    HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Office\12.0\Outlook\Security
  3. Aponte para Novo e clique em Valor DWORD.
  4. Escreva DontDisplayHKLMAddins e prima ENTER.
  5. Clique com o botão direito do rato em DontDisplayHKLMAddins e clique em Modificar.
  6. Na caixa Dados do valor, escreva 1 para ocultar os suplementos COM registados sob a chave
    HKEY_LOCAL_MACHINE
    e clique em OK.

    Nota: se escrever 0 na caixa Dados do valor, ou se deixar a caixa Dados do valor vazia, os suplementos COM serão apresentados.
  7. Saia do Editor de Registo e reinicie o computador.
Quando a entrada de registo DontDisplayHKLMAddins é igual a 1, todos os suplementos COM continuam a ser apresentados no Centro de Fidedignidade. Esta entrada de registo só oculta suplementos COM registados por HKLM na caixa de diálogo Suplementos COM. Isto deve ser aceitável uma vez que só pode carregar e descarregar os suplementos utilizando a caixa de diálogo Suplementos COM.

A nova entrada de registo DisableCreateServices impede que serviços MAPI específicos sejam carregados

Um administrador pode criar a entrada de registo DisableCreateServices sob a chave
HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Office\12.0\Outlook\Options
. Esta entrada de registo é nova no Outlook 2007. Pode utilizar a entrada de registo DisableCreateServices para impedir que serviços MAPI específicos sejam carregados.

A entrada de registo DisableCreateServices armazena um valor de cadeia. O valor de cadeia é uma lista delimitada por ponto e vírgula de serviços MAPI. Os nomes dos serviços são os nomes MAPI que aparecem no ficheiro Mapisvc.inf. Por exemplo, se o exemplo seguinte for um subconjunto de um ficheiro Mapisvc.inf, poderá utilizar um valor de cadeia de MSOMS;OMSAB na entrada de registo DisableCreateServices para impedir que os utilizadores adicionem estes dois serviços.
[Services]
MSOMS=Outlook Mobile Service
OMSAB=Mobile Address Book
 
[Default Services]
MSOMS=Outlook Mobile Service
OMSAB=Mobile Address Book
No contexto de soluções personalizadas, os programadores deverão ter em atenção que actualmente as organizações podem implementar políticas que poderão restringir a utilização do serviço MAPI.

As propriedades personalizadas podem não ser propagadas nalguns cenários

A chave de registo
AllowNamedProps
foi introduzida no Microsoft Office Outlook 2003 Service Pack 2 (SP2). Esta chave armazena uma lista de propriedades personalizadas que poderá utilizar no Outlook. Para mais informações, clique no número de artigo que se segue para visualizar o artigo na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
907985 Changes to custom properties in Outlook
O artigo 907985 da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft também descreve as seguintes chaves de registo:
  • AllowTNEFtoCreateProps
  • AllowMSGFilestoCreateProps
  • DisallowTNEFPreservation
Estas três chaves de registo já não são suportadas no Outlook 2007.

A página Outlook hoje está a ser preterida

Os programadores são aconselhados a não personalizar a página Outlook hoje. Esta funcionalidade está a ser preterida. Tem sido mantida apenas para efeitos de compatibilidade com versões anteriores.

Os controlos MAPI do Visual Basic 6.0 já não são suportados

O Microsoft Visual Basic 6.0 inclui dois controlos MAPI que utilizam Simple MAPI para permitir a integração com aplicações de correio electrónico baseadas em MAPI. Estes controlos não foram testados no Outlook 2007. No entanto, existe pelo menos um problema conhecido significativo com estes controlos no Outlook 2007. A utilização destes controlos no Outlook 2007 não é suportada.

O protocolo do Outlook não funciona fora do Outlook

O protocolo do Outlook (Outlook://) foi alterado. Este protocolo só funcionará se o utilizar no Outlook. Pode utilizar este protocolo numa home page de pasta, na barra de ferramentas da Web ou no corpo de um item do Outlook.

Nota: o Outlook não reconhece automaticamente o protocolo Outlook quando introduz o protocolo no corpo de um item. No entanto, o protocolo funciona se o definir como hiperligação.

O Collaboration Data Objects 1.2.1 não é incluído no Office system de 2007

O CDO (Collaboration Data Objects) 1.2.1 é um pacote que permite o acesso a objectos compatíveis com o Outlook através de uma API baseada em COM. É aconselhável que os programadores utilizem o modelo de objecto do Outlook em vez de CDO 1.2.1, se possível. Para obter o CDO 1.2.1, visite o seguinte Web site da Microsoft:
http://www.microsoft.com/downloads/details.aspx?FamilyID=2714320d-c997-4de1-986f-24f081725d36
Nota: esta versão de CDO foi criada para o Microsoft Exchange Server. Assim, esta versão de CDO não gera avisos de segurança de protecção para o modelo de objecto do Outlook quando utiliza CDO para aceder programaticamente a informações de destinatários ou enviar mensagens de correio electrónico. Devido a este comportamento, o novo suporte da Política de Grupo para definições de segurança no Outlook 2007 não se aplica a CDO.

O Outlook 2007 permite pré-visualizar determinados tipos de ficheiros anexos quando visualiza mensagens de correio electrónico. O Outlook e outras aplicações no Office system de 2007 utilizam a mesma arquitectura de API utilizada pelo Windows Vista. Para mais informações sobre como criar um identificador de pré-visualização, visite o seguinte Web site da MSDN (Microsoft Developer Network):
http://msdn2.microsoft.com/en-us/library/bb776865.aspx

A funcionalidade de formulário Web foi removida

Não é possível utilizar o Outlook 2007 para ligar ao Microsoft Exchange Server 5.5. Além disso, a funcionalidade de composição do formulário Web do Exchange Server 5.5 foi removida da caixa de diálogo Opções. Para aceder a esta funcionalidade, siga estes passos:
  1. No menu Ferramentas, clique em Opções e clique no separador Outras.
  2. Em Geral, clique em Opções avançadas.
  3. Em Em todas as aplicações do Microsoft Office, clique em Formulários personalizados.

Os formulários MAPI já não abrem por predefinição

Por predefinição, o Outlook 2007 não abre formulários MAPI criados utilizando C++. Para activar esta funcionalidade, siga estes passos:
  1. No menu Ferramentas, clique em Opções e clique no separador Outras.
  2. Em Geral, clique em Opções avançadas.
  3. Em Em todas as aplicações do Microsoft Office, clique em Formulários personalizados.
  4. Clique para seleccionar a caixa de verificação Permitir formulários que ignoram o Outlook.

A chave de política DisableAddinBtns já não é suportada

As versões anteriores do Outlook suportam a chave de política
DisableAddinBtns
. Pode utilizar esta chave de política para desactivar os botões de suplementos. Quando desactiva os botões, os utilizadores não conseguem carregar ou descarregar as extensões de cliente do Exchange no Outlook. O Outlook 2007 já não suporta esta chave de política.

Os suplementos COM registados na chave HKEY_LOCAL_MACHINE já não são ocultos por predefinição

Os suplementos COM podem ser registados na chave
HKEY_CURRENT_USER
ou na chave
HKEY_LOCAL_MACHINE
. Em versões anteriores do Office, os suplementos registados na chave
HKEY_CURRENT_USER
eram apresentados na janela Suplementos COM. No entanto, os suplementos registados na chave
HKEY_LOCAL_MACHINE
não são apresentados na janela Suplementos COM. Este comportamento permite aos programadores e administradores registar um suplemento na chave
HKEY_LOCAL_MACHINE
de modo a que os utilizadores não consigam remover o suplemento.

O Microsoft Office system de 2007 altera este comportamento predefinido. O Centro de Fidedignidade e a janela Suplementos COM listam todos os suplementos registados. Caso os administradores pretendam ocultar suplementos registados na chave
HKEY_LOCAL_MACHINE
, poderão implementar uma chave de política para activar o comportamento anterior.

Para ocultar suplementos registados na chave
HKEY_LOCAL_MACHINE
, siga estes passos:
  1. Clique em Iniciar, clique em Executar, escreva regedit na caixa Abrir e clique em OK.
  2. Localize e clique com o botão direito do rato na seguinte subchave:
    HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Office\12.0\Outlook\Security
  3. Aponte para Novo e clique em Valor DWORD.
  4. Escreva DontDisplayHKLMAddins e prima ENTER.
  5. Clique com o botão direito do rato em DontDisplayHKLMAddins e clique em Modificar.
  6. Na caixa Dados do valor, escreva 1 para ocultar os suplementos registados na chave
    HKEY_LOCAL_MACHINE
    . Clique em OK.
  7. Saia do Editor de Registo e reinicie o computador.

A gestão de scripts do Exchange Server do lado do servidor já não é suportada

Em versões anteriores do Outlook, pode gerir scripts do Exchange Server no separador Agentes nas Propriedades de uma pasta. O Exchange Server 5.5 e versões posteriores do Exchange Server suportam estes scripts do lado do servidor. O separador Agentes é fornecido por uma extensão de cliente do Exchange (Scrptxtn.dll) instalada pelo Outlook. Além disso, estes scripts dependem da Biblioteca de Objectos de Configuração de Serviços de Eventos do Microsoft Exchange (Esconf.dll).

O ficheiro Scrptxtn.dll e o ficheiro Esconf.dll não são incluídos no Outlook 2007. Assim, não pode instalar, desinstalar e gerir scripts do Exchange Server do lado do servidor no Outlook 2007. Se necessitar desta funcionalidade, terá de utilizar uma versão anterior do Outlook.

Nota: o Exchange 2000 Server introduziu uma funcionalidade de receptor de eventos mais robusta concebida para substituir os scripts do Exchange Server. O separador Agentes não está relacionado com receptores de eventos. Além disso, uma vez que os receptores de eventos têm estado disponíveis, o efeito desta concepção deverá ser mínimo.

As extensões de cliente do Exchange estão a ser preteridas

A arquitectura de extensão de cliente do Exchange foi originalmente suportada pelo cliente do Exchange Server no Microsoft Windows 95. O Outlook 97 também suporta as extensões de cliente do Exchange. As versões posteriores do Outlook, incluindo o Outlook 2007, continuam a suportar ECEs para efeitos de compatibilidade com versões anteriores. No entanto, os programadores são aconselhados a utilizarem a arquitectura de suplementos COM para a criação de novos suplementos do Outlook. Muitas das alterações introduzidas no Outlook 2007 foram implementadas como funcionalidades de "paridade de ECE". Uma vez que agora o Outlook dispõe destas funcionalidades, o suporte para extensões de cliente do Exchange poderá ser descontinuado.

Propriedades

Artigo: 929590 - Última revisão: 25 de janeiro de 2008 - Revisão: 2.2
A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Office Outlook 2007
Palavras-chave: 
kbhowto kbinfo kbexpertiseadvanced KB929590

Submeter comentários

 

Contact us for more help

Contact us for more help
Connect with Answer Desk for expert help.
Get more support from smallbusiness.support.microsoft.com