Você está offline; aguardando reconexão

Como usar fluxos de dados alternativo do NTFS

IMPORTANTE: Este artigo foi traduzido por um sistema de tradução automática (também designado por Machine Translation ou MT), não tendo sido portanto traduzido ou revisto por pessoas. A Microsoft possui artigos traduzidos por aplicações (MT) e artigos traduzidos por tradutores profissionais, com o objetivo de oferecer em português a totalidade dos artigos existentes na base de dados de suporte. No entanto, a tradução automática não é sempre perfeita, podendo conter erros de vocabulário, sintaxe ou gramática. A Microsoft não é responsável por incoerências, erros ou prejuízos ocorridos em decorrência da utilização dos artigos MT por parte dos nossos clientes. A Microsoft realiza atualizações freqüentes ao software de tradução automática (MT). Obrigado.

Clique aqui para ver a versão em Inglês deste artigo: 105763
Sumário
A documentação para o sistema de arquivos NTFS estados NTFS oferece suporte a vários fluxos de dados; no entanto, a documentação não aborda a sintaxe para os fluxos próprios.

O Windows NT Resource Kit documenta a sintaxe de fluxo da seguinte maneira:
FileName:Stream
Sistemas de arquivos alternativos dados fluxos são estritamente um recurso do sistema de arquivos NTFS e podem não ter suporte no futuro. No entanto, NTFS terão suporte nas versões futuras do Windows NT.

Sistemas de arquivos futuras oferecerá suporte a um modelo com base no armazenamento do OLE 2.0 estruturado (IStorage e IStream). Usando o OLE 2.0, um aplicativo pode suportar vários fluxos em qualquer sistema de arquivos e sistemas operacionais (Windows, Macintosh, Windows NT e Win32s), todos os suporte não apenas o Windows NT.
Mais Informações
O código de exemplo a seguir demonstra fluxos NTFS:

Código de exemplo

   #include <windows.h>   #include <stdio.h>   void main( )   {      HANDLE hFile, hStream;      DWORD dwRet;      hFile = CreateFile( "testfile",                       GENERIC_WRITE,                    FILE_SHARE_WRITE,                                NULL,                         OPEN_ALWAYS,                                   0,                                NULL );      if( hFile == INVALID_HANDLE_VALUE )         printf( "Cannot open testfile\n" );      else          WriteFile( hFile, "This is testfile", 16, &dwRet, NULL );      hStream = CreateFile( "testfile:stream",                                GENERIC_WRITE,                             FILE_SHARE_WRITE,                                         NULL,                                  OPEN_ALWAYS,                                            0,                                         NULL );      if( hStream == INVALID_HANDLE_VALUE )         printf( "Cannot open testfile:stream\n" );      else         WriteFile(hStream, "This is testfile:stream", 23, &dwRet, NULL);   }				
O tamanho do arquivo obtido em uma listagem de diretório é 16, porque você está examinando somente "testfile" e, portanto,
tipo testfile
produz o seguinte:
   This is testfile				
Contudo
tipo testfile:stream
produz o seguinte:
   The filename syntax is incorrect				
para exibir o que está no testfile:stream, use:
mais < testfile:stream
- ou -
MEP testfile:stream
onde "mep" é o Editor do Microsoft disponível no SDK da plataforma.

Aviso: este artigo foi traduzido automaticamente

Propriedades

ID do Artigo: 105763 - Última Revisão: 11/21/2006 15:40:58 - Revisão: 4.2

Interface de Programação de Aplicativos do Microsoft Win32

  • kbmt kbapi kbfileio kbhowto kbkernbase KB105763 KbMtpt
Comentários