Você está offline; aguardando reconexão

Problemas ao Acessar Unidades FAT16 Maiores do que 2 GB

Sumário
O Microsoft Windows NT suporta a criação de partições primárias e unidades lógicas de até 4 gigabytes (GB) usando o sistema de Tabela de Alocação de Arquivos 16 (FAT16), mas o Windows 95/98 e o MS-DOS não suportam essas unidades. O limite de tamanho para unidades lógicas que usam o sistema de arquivo FAT16 no Windows 95/98 e o MS-DOS é de 2 GB.

NOTA: O Windows 95 OEM Service Release 2 e posterior suporta unidades maiores do que 2 GB usando o sistema de arquivo FAT32. Para obter mais informaçõessobre o FAT32, consulte o seguinte artigo na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
ARTIGO: 154997
Description of the FAT32 File System
O Windows NT 4.0 não suporta o FAT32, mas o suporte ao FAT32 foi adicionado ao Windows 2000.
Mais Informações
A Microsoft não recomenda o uso do MS-DOS ou Windows 95/98 com uma unidade FAT16 de 4 GB criada no Windows NT. Se você usar o recurso de inicialização dupla do Windows NT para inicializar o MS-DOS ou Windows 95/98, é possível acessar a unidade, mas talvez ocorra um comportamento inesperado. Em especial, alguns programas e utilitários podem informar incorretamente que não há espaço livre em disco (0 bytes) na unidade.



Além disso, você não pode executar a Instalação do Windows 95/98 se o seu computador possuir uma unidade FAT16 criada pelo Windows NT.

Por exemplo, durante a Instalação do Windows 98, você recebe a seguinte mensagem de erro se o seu sistema possuir uma unidade FAT16 maior do que 2 GB:
A Instalação detectou que o seu disco rígido tem uma partição FAT do cluster de 64K. Pelo fato de o ScanDisk não funcionar em discos com esse tamanho de cluster, a Instalação não pode continuar. Para concluir a Instalação, você deve fazer novamente a partição de seu disco rígido, formatar a partição com um sistema de arquivo FAT que possua um cluster de 32K ou menos e então reiniciar a Instalação.


Outros problemas ao acessar unidades FAT16 com mais de 2 GB no Windows 95/98 podem incluir o seguinte:

  • Executar a ferramenta Defrag na unidade resulta em uma mensagem de erro "Divide by zero", ou a ferramenta pára de responder.

  • O ScanDisk para o MS-DOS pára de responder ou resulta em uma mensagem de erro "Out of memory".







  • A ferramenta Chkdsk pode relatar vários "erros de alocação" na unidade.


O ScanDisk para o Windows geralmente é executado sem erro nas unidades FAT16 do cluster de 64k e mostra unidades de cluster/alocação de 64K na caixa de diálogo Summary.

O MS-DOS e o lançamento comercial do Windows 95 usam um FAT de 16 bits para unidades lógicas maiores do que 15 megabytes (MB). O número máximo de clusters para uma unidade FAT de 16 bits é de 64K. Além disso, o tamanho máximo do cluster para uma unidade FAT16 no MS-DOS ou no Windows 95 é de 32K. Portanto, o tamanho máximo da unidade lógica para o FAT16 é calculado da seguinte maneira:
   32K x 64K = 2048 MB = 2 GB				
O tamanho máximo do cluster para uma unidade FAT16 no Windows 98 é de 32K ou 32.768 bytes. Portanto, o tamanho máximo da unidade lógica para o FAT16 é calculado da seguinte maneira:
   32K x 64K = 2048 MB = 2 GB				
O Windows NT usa um tamanho máximo do cluster de 64K para permitir unidades maiores do que 2 GB usando o FAT16. O tamanho máximo da unidade lógica FAT16 no Windows NT é calculado da seguinte maneira:
   64K x 64K = 4096 MB = 4 GB				


NOTA: Em uma unidade FAT, o espaço é alocado por clusters. Ou seja, um arquivo que é menor do que o tamanho do cluster da unidade ainda está alocado em um cluster completo, gastando, assim, o espaço adicional no cluster. Da mesma maneira, um arquivo que é grande o suficiente para preencher clusters de 3-1/2 está alocado em quatro clusters completos. O uso de um tamanho menor do cluster geralmente resulta em menos perda de espaço na unidade.

O tamanho do cluster para uma unidade FAT é determinado quando a unidade estiver formatada e varia dependendo do tamanho da unidade lógica. Para obter mais informações sobre tamanhos de cluster e de unidade lógica no MS-DOS, favor consultar o seguinte artigo na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
ARTIGO: Q67321 67321
FAT Type and Cluster Size Depends on Logical Drive Size

O Windows 95 e o MS-DOS usam o utilitário FDISK para fazer a partição de um disco. Ao acessar um disco rígido, o FDISK usa a interface AT ROM BIOS INT13h do sistema, que possui no máximo 1024 cilindros, 255 cabeçotes e 63 setores por trilha. O FDISK pode acessar qualquer unidade dentro dos limites impostos pelo AT ROM BIOS, o que significa que o FDISK pode acessar unidades de até 8 GB, calculadas da seguinte maneira:
   1024 cilindros x 255 cabeçotes x 63 setores por trilha x 512 bytes por    setor = 8.422.686.720 bytes ou aproximadamente 8 GB				

A interface de hardware IDE original está limitada 16 cabeçotes, o que reduz o tamanho máximo da unidade para 504 MB. A tecnologia IDE (ATAPI) mais recente, no entanto, usa um esquema de conversão chamado Logical Block Addressing (LBA) para exceder o limite de 504 MB, conforme imposto pelo AT ROM BIOS do sistema e pela especificação IDE. Os controladores de disco rígido SCSI e ESDI usam métodos de conversão semelhantes que são geralmente criados no BIOS ROM da placa do controlador para exceder o limite de 504 MB de tamanho. Para obter mais informações sobre o uso de discos rígidos grandes com o MS-DOS e o Windows 95/98, favor consultar o seguinte artigo na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:
ARTIGO: 126855
Windows Support for Large IDE Hard Disks


O utilitário FDISK no MS-DOS e o lançamento comercial do Windows 95 podem criar uma partição estendida maior do que 2 GB. O FDISK pode criar várias unidades formatadas de até 2 GB nessa partição estendida de acordo com as restrições do AT ROM BIOS mencionadas anteriormente. No entanto, o FDISK não permite a criação de uma partição FAT16 primária ou unidades FAT16 lógicas em uma partição estendida que seja maior do que 2 GB. Note também que, conforme mencionado anteriormente, as unidades lógicas maiores do que 504 MB não podem ser acessadas usando o MS-DOS ou o Windows 95 a menos seja usado o LBA ou a conversão de cálculo.

No Windows NT, você pode criar unidades FAT16 de 4 GB, como uma partição primária ou uma unidade lógica em uma partição estendida. Pelo fato de o MS-DOS e o Windows 95/98 possuírem um tamanho máximo de unidade FAT lógica de 2 GB, as unidades FAT16 maiores do que 2 GB criadas usando o Windows NT não podem ser acessadas de maneira confiável usando o MS-DOS ou o Windows 95/98.
98 msdos
Propriedades

ID do Artigo: 127851 - Última Revisão: 12/30/2004 21:35:00 - Revisão: 2.2

Microsoft Windows 98 Standard Edition, Microsoft Windows 95, Microsoft MS-DOS 6.22 Standard Edition, Microsoft Windows NT Workstation 3.5, Microsoft Windows NT Workstation 3.51, Microsoft Windows NT Workstation 4.0 Developer Edition, Microsoft Windows NT Server 3.5, Microsoft Windows NT Server 3.51, Microsoft Windows NT Server 4.0 Standard Edition, Microsoft Windows Millennium Edition

  • kbinfo kbinterop kbsetup kbdiskmemory KB127851
Comentários