Diagnóstico, comentários e privacidade no Windows 10

Juntos, comentários e diagnóstico são a forma como você e seu dispositivo Windows 10 contam para a Microsoft o que realmente está acontecendo.

Conforme você usa o Windows, coletamos informações de diagnósticos, e para garantir que estejamos ouvindo você, nosso cliente, também criamos maneiras para você nos enviar comentários a qualquer hora e em momentos específicos, como quando o Windows 10 faz uma pergunta sobre como algo está funcionando para você.

Observação: A Microsoft está aumentando a transparênciacategorizando os dados que coletamos como obrigatório ou opcional. O Windows 10 está atualizando os dispositivos para refletir essa nova categorização e, durante a transição, os dados de diagnóstico Básicos de transição serão recategorizados como dados de diagnóstico Obrigatórios, e os dados de diagnóstico Completos serão recategorizados como dados de diagnóstico Opcionais.

Quais dados são coletados e por quê

A Microsoft usa os dados de diagnóstico para manter o Windows seguro e atualizado, solucionar problemas e aperfeiçoar produtos conforme descrito mais detalhadamente abaixo. Independentemente de você optar por enviar dados de diagnóstico Opcionais, seu dispositivo ficará seguro de qualquer forma e funcionará normalmente. Esses dados são transmitidos para a Microsoft e armazenados com um ou mais identificadores exclusivos que podem nos ajudar a reconhecer um usuário individual em um dispositivo individual e compreender os problemas nos serviços do dispositivo e padrões de utilização.

  • Os dados de diagnóstico Obrigatórios são informações sobre seu dispositivo, suas configurações e recursos, e se o dispositivo está funcionando corretamente. Esse é o nível mínimo de dados de diagnóstico necessário para ajudar a manter seu dispositivo confiável, seguro e funcionando normalmente.

  • Os dados de diagnóstico Opcionais incluem detalhes adicionais sobre o dispositivo e suas configurações, funcionalidades e integridade do dispositivo. Os dados de diagnóstico Opcionais também incluem informações sobre os sites que você navega, a atividade do dispositivo (às vezes chamada de uso) e o relatório de erros aprimorado. Os dados de diagnóstico Opcionais também podem incluir o estado da memória do seu dispositivo quando ocorre uma falha no sistema ou em um aplicativo (o que pode incluir, involuntariamente, partes de um arquivo que você estava usando quando ocorreu o problema). Os dados de diagnóstico Obrigatórios serão sempre incluídos quando você opta por enviar dados de diagnóstico Opcionais. Embora o dispositivo seja igualmente seguro e funcione normalmente quando envia somente os dados de diagnóstico Obrigatórios, as informações adicionais que coletamos quando você opta por enviar dados de diagnóstico Opcionais facilita a identificação e a correção de problemas, além de fazer aprimoramentos em produtos que beneficiam todos os clientes do Windows.

Alguns dos dados descritos acima podem não ser coletados do seu dispositivo mesmo se você escolher enviar um dado de diagnóstico opcional. A Microsoft minimiza o volume de dados de diagnóstico Opcionais que coletamos de todos os dispositivos por meio da coleta de alguns dados de apenas uma pequena porcentagem de dispositivos (amostra). Ao executar o diagnóstico de dados de diagnóstico, você pode ver um ícone que indica se o seu dispositivo faz parte de um exemplo e também quais dados específicos são coletados do seu dispositivo. As instruções sobre como baixar a ferramenta Visualizador de Dados de Diagnóstico podem ser encontradas em Iniciar > Configurações > Privacidade > Diagnóstico e comentários.

Os itens de dados específicos coletados no Diagnóstico do Windows estão sujeitos a alterações para dar a flexibilidade à Microsoft para coletar os dados necessários para os fins descritos. Por exemplo, para garantir que a Microsoft possa solucionar o problema de desempenho mais recente que afeta a experiência de computação dos usuários ou atualizar um dispositivo Windows 10 que é novo no mercado, pode ser necessário que a Microsoft colete itens de dados que não foram coletados anteriormente. Para obter uma lista atual de tipos de dados coletados para dados de diagnóstico necessários e dados de diagnóstico opcionais, consulte dados de diagnóstico obrigatórios do Windows (nível básico) e dados de diagnóstico do Windows 10 optional (nível completo)

Usamos os dados de diagnóstico Obrigatórios para manter os dispositivos Windows atualizados. A Microsoft usa:

  • As informações de erro do nível Básico para ajudar a determinar se os problemas que o seu dispositivo está enfrentando podem ser tratados pelo processo de atualização.

  • As informações sobre o seu dispositivo, suas configurações e os seus recursos, incluindo os aplicativos e os drivers instalados em seu dispositivo, para verificar se o seu dispositivo está pronto e se é compatível com a próxima versão de sistema operacional ou aplicativo e se está pronto para atualização.

  • O registro em log das informações do processo de atualização em si para entender como as atualizações do seu dispositivo estão percorrendo os estágios de download, pré-instalação, pós-instalação, pós-reinicialização e configuração.

  • Os dados sobre o desempenho de atualizações em todos os dispositivos Windows para avaliar o sucesso da implantação de uma atualização e para conhecer as características do dispositivo (por exemplo, hardware, periféricos, configurações e aplicativos) que estão associadas com o sucesso ou a falha de uma atualização.

  • Os dados sobre quais dispositivos tiveram falhas de atualização e o motivo dessas falhas para que se determine se é necessário oferecer a mesma atualização novamente.

Usamos dados de diagnóstico Obrigatórios e Opcionais para solucionar problemas e ajudar a manter o Windows e os produtos e os serviços relacionados confiáveis e seguros.

A Microsoft usa dados de diagnóstico Obrigatórios para:

  • Abranger o número imenso de combinações de hardware, sistema e software usadas pelos clientes.

  • Analisar problemas com base em combinações específicas de hardware, sistema e software e identificar onde ocorrem os problemas com um conjunto específico ou limitado de dispositivos.

  • Determinar se um aplicativo ou um processo tem um problema de desempenho (por exemplo, falhas ou travamentos do aplicativo) e quando um arquivo de despejo de memória é criado no dispositivo (os próprios despejos de memória não são coletados sem permissões adicionais, como optar por enviar dados de diagnóstico Opcionais).

  • Entender a eficácia e corrigir problemas no próprio sistema de transmissão de diagnóstico.

A Microsoft usa os dados adicionais coletados quando você opta por enviar dados de diagnóstico Opcionais para ajudar a identificar e corrigir problemas com mais rapidez.

Usamos:

  • As informações sobre a atividade do aplicativo para entender o que o usuário estava fazendo em um aplicativo que causou um problema em conjunto com o que aprendemos sobre o impacto de outros aplicativos ou processos em execução em um dispositivo.

  • Informações sobre a integridade do dispositivo, como o nível da bateria ou a rapidez com que os aplicativos respondem à entrada, para entender melhor os dados que coletamos sobre problemas de desempenho do aplicativo e fazer correções.

  • As informações contidas em relatórios de erro aprimorados e despejos de memória para entender melhor os dados relacionados às condições específicas nas quais ocorreu um erro ou uma falha.

Usamos os dados de diagnóstico Obrigatórios para aprimorar o Windows. Usamos os dados de diagnóstico Opcionais para aprimorar o Windows e os produtos e serviços relacionados.

A Microsoft usa os dados de diagnóstico Obrigatórios para o aprimoramento em produtos no contexto de manter o seu dispositivo Windows atualizado e seguro, solução de problemas, acessibilidade, confiabilidade, desempenho, aprimoramento em recursos existentes do Windows, compatibilidade de aplicativos, drivers e outros utilitários, privacidade e eficiência de energia.

A Microsoft usa os dados de diagnóstico Obrigatórios para essa finalidade da seguinte maneira:

  • As informações sobre dispositivos, periféricos e configurações dos clientes são usadas para priorizar os aprimoramentos em produtos, determinando quais aprimoramentos terão o maior impacto positivo sobre a maioria dos clientes do Windows 10.

  • As informações sobre quais aplicativos estão instalados em dispositivos são usados para priorizar o teste de compatibilidade de aplicativos e os aprimoramentos em recursos dos aplicativos mais populares.

Os dados adicionais coletados quando você opta por enviar dados de diagnóstico Opcionais são usados para ajudar a criar aprimoramentos ainda mais significativos para o Windows e os produtos e os serviços relacionados:

  • As informações de atividade do aplicativo nos ajudam a priorizar o teste de compatibilidade de aplicativo e a fazer aprimoramentos em recursos nos aplicativos e recursos mais usados.

  • As informações sobre o impacto das características, da configuração de dispositivo e da atividade de aplicativo na integridade do dispositivo (por exemplo, na duração da bateria) são usadas para analisar e fazer alterações para aprimorar o desempenho de dispositivos Windows.

  • As informações agregadas sobre o histórico de navegação em navegadores da Microsoft são usadas para ajustar os algoritmos de pesquisa do Bing para fornecer resultados de pesquisa mais eficazes.

Se o dispositivo estiver sendo gerenciado pelo departamento de TI da organização, poderá haver alterações adicionais no modo como os dados de diagnóstico são gerenciados nas políticas de grupo definidas no dispositivo. Consulte configurar dados de diagnóstico do Windows em sua organização para obter mais detalhes. Se uma empresa envolver a Microsoft no gerenciamento de seus dispositivos, usaremos dados de diagnóstico e de erro para gerenciar, monitorar e solucionar problemas dos dispositivos da empresa.

Se você optar por ativar as Experiências personalizadas, usaremos os dados de diagnóstico do Windows para oferecer dicas, anúncios e recomendações personalizadas para aprimorar as experiências da Microsoft. Se você tiver selecionado o nível Básico como configuração de dados de diagnóstico, a personalização será baseada nas informações sobre seu dispositivo, suas configurações e recursos, e se o dispositivo está funcionando corretamente.  Caso você tenha selecionado o nível Completo, a personalização também será baseada nas informações sobre como você usa aplicativos e recursos, além de informações adicionais sobre a integridade do seu dispositivo. Não usamos o conteúdo de despejos de memória, sites navegados, controle por voz, digitação ou dados de entrada de escrita à tinta para personalização quando recebemos tais dados de clientes que selecionaram o nível Completo. 

As experiências personalizadas incluem sugestões sobre como personalizar e otimizar o Windows, bem como anúncios e recomendações de produtos e serviços, recursos, apps e hardware da Microsoft e de terceiros para suas experiências do Windows. Por exemplo, para ajudar você a tirar o máximo proveito de seu dispositivo, poderemos falar sobre recursos que talvez não conheça ou que são novos. Se você estiver tendo um problema com seu dispositivo Windows, poderá receber uma sugestão de solução. Você pode ter a oportunidade de personalizar sua tela de bloqueio com imagens ou ver mais imagens do tipo que você gosta, ou menos das que não gosta. Ou, se você estiver ficando sem espaço no disco rígido, o Windows poderá recomendar o OneDrive ou a compra de hardware para obter mais espaço.

Se você optar por ativar Aprimorar a escrita à tinta e a digitação, a Microsoft coletará amostras do conteúdo que você digita ou escreve para aprimorar recursos como o reconhecimento de manuscrito, o preenchimento automático, a previsão da próxima palavra e a correção ortográfica, e usaremos esses dados no todo para aprimorar o recurso de escrita à tinta e digitação para todos os usuários. Quando a Microsoft coleta dados de diagnóstico de escrita à tinta e digitação, eles são divididos em pequenas amostras e são processados para remover identificadores exclusivos, informações de sequenciamento e outros dados (como endereços de email e valores numéricos) que poderiam ser usados para reconstruir o conteúdo original ou associar a entrada a você. Isso também inclui dados de desempenho associados, como alterações realizadas manualmente no texto, bem como palavras adicionadas ao dicionário. Esses dados não são usados para experiências personalizadas.

Observação: Em versões anteriores do Windows, a configuração Aprimorar a escrita à tinta e a digitação não está disponível, e esses dados são coletados quando Dados de diagnóstico está definido no nível Completo.

Como controlar suas configurações de diagnóstico e comentários

Ao configurar o dispositivo Windows 10 pela primeira vez, você pode escolher as configurações de privacidade para seu dispositivo, incluindo a configuração de Dados de diagnóstico, que pode ser definida no nível Básico ou Completo.

Durante a configuração, você também pode optar por definir o recurso Experiências personalizadas como Ativado ou Desativado. Em versões mais recentes do Windows, você pode optar por definir o recurso Aprimorar a escrita à tinta e a digitação como Ativado ou Desativado.

Se você decidir alterar essas configurações depois de concluir a configuração do Windows 10, siga as etapas adequadas nas seções a seguir.

Para alterar a configuração de dados de diagnóstico

  1. Vá para Iniciar e, em seguida, selecione configurações > privacidade > diagnóstico & comentários.

  2. Em Dados de diagnóstico, selecione a opção que você preferir. Se as opções não estiverem disponíveis, talvez você esteja usando um dispositivo gerenciado por sua empresa ou organização. Nesse caso, você verá Algumas configurações são ocultas ou gerenciadas por sua organização na parte superior da tela Diagnóstico e comentários.

Observação: O Windows também tem outras configurações de privacidade que controlam se a atividade do aplicativo e os dados do histórico de navegação são enviados à Microsoft, como a configuração do histórico de atividades .

Para alterar a configuração de experiências personalizadas

  1. Vá para Iniciar e, em seguida, selecione configurações > privacidade > diagnóstico & comentários.

  2. Em Experiências personalizadas, você pode escolher a configuração que preferir.

Para exibir os dados de diagnóstico

Você pode exibir os dados de diagnóstico do dispositivo em tempo real usando o Visualizador de Dados de Diagnóstico. Observe que só é possível exibir os dados disponíveis enquanto o Visualizador de Dados de Diagnóstico estiver em execução. O Visualizador de Dados de Diagnóstico não permite a exibição do histórico de dados de diagnóstico.

  1. Vá para Iniciar e, em seguida, selecione configurações > privacidade > diagnóstico & comentários.

  2. Verifique se a configuração Visualizador de Dados de Diagnóstico está definida como Ativado e selecione Visualizador de Dados de Diagnóstico.

Para excluir os dados de diagnóstico

Em Excluir dados de diagnóstico, você pode excluir dados de diagnóstico para seu dispositivo. Observe que esta opção não exclui os dados de diagnóstico associados à sua conta de usuário, nem interrompe o envio para a Microsoft.

  1. Vá para Iniciar e, em seguida, selecione configurações > privacidade > diagnóstico & comentários.

  2. Em Excluir dados de diagnóstico, selecione Excluir.

Acesse o painel de privacidade da Microsoft para ver e excluir dados de diagnóstico adicionais associados à sua conta da Microsoft.

Para impedir que a Microsoft use suas informações de digitação e manuscrito para aprimorar os serviços de digitação e escrita para todos os clientes

  1. Vá para Iniciar e, em seguida, selecione configurações > privacidade > diagnóstico & comentários.

  2. Em Aprimorar a escrita à tinta e digitação, escolha a configuração que você preferir. Para versões anteriores do Windows em que essa configuração não existe, selecione Básico em Dados de diagnóstico.

Para alterar a frequência com que solicitamos seus comentários

Ocasionalmente, mostraremos uma mensagem pedindo para você classificar ou fornecer comentários por escrito sobre os produtos ou serviços usados. Você pode usar a configuração Frequência de comentários para ajustar a frequência com que solicitamos esses comentários.

  1. Vá para Iniciar e, em seguida, selecione configurações > privacidade > diagnóstico & comentários.

  2. Em Frequência de comentários, selecione a opção que você preferir.

Para nos enviar comentários a qualquer momento

  1. Digite Hub de Feedback na barra de pesquisa.

  2. Digite algumas palavras-chave do problema na caixa marcada Envie seus comentários para aprimorar o Windows e pressione Enter.

  3. Se você encontrar o problema, vote a favor. Se não encontrá-la, selecione Adicionar novos comentários e preencha o formulário.

Precisa de mais ajuda?

Participar da discussão
Pergunte à comunidade
Obter suporte
Fale Conosco

Estas informações foram úteis?

Obrigado por seus comentários!

Agradecemos pelos seus comentários! Parece que pode ser útil conectar você a um de nossos agentes de suporte do Office.

×