Leitura de ficheiros de texto para variáveis de ambiente de MS-DOS

IMPORTANTE: Este artigo foi traduzido por um sistema de tradução automática (também designado por Machine translation ou MT), não tendo sido portanto revisto ou traduzido por humanos. A Microsoft tem artigos traduzidos por aplicações (MT) e artigos traduzidos por tradutores profissionais. O objectivo é simples: oferecer em Português a totalidade dos artigos existentes na base de dados do suporte. Sabemos no entanto que a tradução automática não é sempre perfeita. Esta pode conter erros de vocabulário, sintaxe ou gramática… erros semelhantes aos que um estrangeiro realiza ao falar em Português. A Microsoft não é responsável por incoerências, erros ou estragos realizados na sequência da utilização dos artigos MT por parte dos nossos clientes. A Microsoft realiza actualizações frequentes ao software de tradução automática (MT). Obrigado.

Clique aqui para ver a versão em Inglês deste artigo: 66292
Este artigo foi arquivado. Este artigo é oferecido "tal como está" e deixará de ser actualizado.
Sumário
Este artigo descreve os vários passos necessários para utilizar os resultados de uma consulta (utilizando o filtro de localizar) como um parâmetro substituível em ficheiros um batch um ou mais. Uma utilização para este seria procurar um ficheiro específico e, em seguida, executar alguma acção num ou com este ficheiro. O ficheiro, em seguida, poderia ser usado num ou mais ficheiros de comandos como um parâmetro substituível.
Mais Informação
Em primeiro lugar, terá de configurar um ficheiro de uma linha com o parcial comandos
   set varname=				
sem símbolo de retorno (CR) ou o avanço de linha (LF) no fim (Isto pode ser efectuado com COPY CON premindo CTRL+Z depois do sinal de igual [=] e premindo ENTER).

O ficheiro seguinte aspecto no ecrã:
   C:\>COPY CON INIT.TXT   SET VARNAME=^Z				
os passos seguintes podem ser emitidos da linha de comandos do MS-DOS ou partir um ficheiro batch:

  1. Procure uma entrada de directório único e coloque os resultados num ficheiro de texto.
          dir | find "dos" > textfile
  2. Acrescentar os dois ficheiros num ficheiro batch utilizando o comando COPY da seguinte forma:
          copy init.txt+textfile varset.bat
  3. Coloque o conteúdo do ficheiro texto uma variável executando VARSET.BAT.
VARSET.BAT define uma variável de ambiente igual à entrada de directório encontrados anteriormente. Isto permite que a variável de ambiente ser utilizado como um parâmetro substituível em ficheiros batch posteriores. VARSET.BAT pode ser chamado a partir da linha de comandos ou partir outro ficheiro batch.

NOTA: Este processo para nomes de directório só funciona se MS-DOS 5.0 ou 6.0 está a ser utilizado. Em MS-DOS 5.0 e 6.0, o parâmetro /B deve ser utilizado quando estiver a procurar um nome de directório. Segue-se um exemplo de procurar um directório em MS-DOS 5.0 ou 6.0.
   dir /b | find "dos5" > textfile				
Nota: ainda existe um limite de 127 caracteres ao comprimento desta variável, que inclui o nome da variável e sinal de igual (=).
6.22 3.x 4.x 5.00 5.00a 6.00 6.20

Aviso: Este artigo foi traduzido automaticamente

Propriedades

ID do Artigo: 66292 - Última Revisão: 12/04/2015 09:05:23 - Revisão: 2.0

Microsoft MS-DOS 3.1, Microsoft MS-DOS 3.2 Standard Edition, Microsoft MS-DOS 3.21 Standard Edition, Microsoft MS-DOS 3.3 Standard Edition, Microsoft MS-DOS 3.3a, Microsoft MS-DOS 4.0 Standard Edition, Microsoft MS-DOS 4.01 Standard Edition, Microsoft MS-DOS 5.0 Standard Edition, Microsoft MS-DOS 6.0 Standard Edition, Microsoft MS-DOS 6.2 Standard Edition, Microsoft MS-DOS 6.21 Standard Edition, Microsoft MS-DOS 6.22 Standard Edition

  • kbnosurvey kbarchive kbmt KB66292 KbMtpt
Comentários