Instrução INSERT INTO

Adiciona um registo ou múltiplos registos a uma tabela. Isto é conhecido como uma consulta Acrescentar.

Sintaxe

Consulta acrescentar de múltiplos registos:

INSERT INTO destino [(campo1[, campo2[, ...]])] [IN basededadosexterna]
SELECT [origem.]campo1[, campo2[, ...]
FROM expressãodatabela

Consulta acrescentar de registo único:

INSERT INTO destino [(campo1[, campo2[, ...]])]
VALUES (valor1[, valor2[, ...])

A instrução INSERT INTO tem as seguintes partes:

Parte

Descrição

destino

O nome da tabela ou consulta à qual se acrescentam os registos.

campo1, campo2

Os nomes dos campos aos quais serão acrescentados dados, se a seguir for apresentado um argumento destino ou os nomes dos campos a partir dos quais serão obtidos dados, se a seguir for apresentado um origem.

basededadosexterna

O caminho para uma base de dados externa. Para obter uma descrição do caminho, consulte a cláusula IN.

origem

O nome da tabela ou consulta a partir da qual se copiam os registos.

expressãodatabela

O nome da tabela ou tabelas a partir das quais os registos são inseridos. O argumento pode ser o nome de uma única tabela ou um composto resultante de uma operação INNER JOIN, LEFT JOIN ou RIGHT JOIN ou uma consulta guardada.

valor1, valor2

Os valores a inserir nos campos específicos do novo registo. Cada valor é inserido no campo que corresponde à posição do valor na lista: valor1 é inserido no campo1 do novo registo, valor2 no campo2 e assim sucessivamente. Tem de separar os valores com uma vírgula e incluir campos de texto entre aspas (" ").


Observações

Pode utilizar a instrução INSERT INTO para adicionar um único registo a uma tabela ao utilizar a sintaxe da consulta acrescentar de registo único, conforme apresentado acima. Neste caso, o seu código especifica o nome e o valor para cada campo do registo. Tem de especificar cada um dos campos do registo ao qual será atribuído um valor e um valor para esse campo. Quando não especificar cada campo, o valor predefinido ou Nulo é inserido nas colunas em falta. Os registos são adicionados ao fim da tabela.

Também pode utilizar INSERT INTO para acrescentar um conjunto de registos de outra tabela ou consulta ao utilizar a cláusula SELECT ... FROM conforme apresentado acima na sintaxe da consulta acrescentar de múltiplos registos. Neste caso, a cláusula SELECT especifica os campos a acrescentar à tabela destino especificada.

A tabela origem ou destino poderá especificar uma tabela ou uma consulta. Se uma consulta for especificada, o motor de base de dados do Microsoft Access acrescenta registos a todas as tabelas especificadas pela consulta.

INSERT INTO é opcional, mas quando incluída, antecede a instrução SELECT.

Se a sua tabela de destino tiver uma chave primária, certifique-se de que acrescenta valores únicos e não Nulos ao campo ou campos de chave primária. Se não o fizer, o motor de base de dados do Microsoft Access não irá acrescentar os registos.

Se acrescentar registos a uma tabela com um campo NumeraçãoAutomática e quiser renumerar os registos acrescentados, não inclua o campo NumeraçãoAutomática na sua consulta. Inclua o campo NumeraçãoAutomática na consulta se quiser manter os valores originais do campo.

Utilize a cláusula IN para acrescentar registos a uma tabela noutra base de dados.

Para criar uma nova tabela, utilize a instrução SELECT... INTO em alternativa, para criar uma consulta de criação de tabela.

Para saber que registos serão acrescentados antes de executar a consulta acrescentar, primeiro execute e veja os resultados de uma consulta Selecionar que utilize os mesmos critérios de seleção.

Uma consulta acrescentar copia os registos de uma ou mais tabelas para outra. As tabelas com os registos que acrescentar não são afetadas pela consulta acrescentar.

Em vez de anexar os registos existentes de outra tabela, pode especificar o valor de cada campo num único novo registo utilizando a cláusula VALORES. Se omitir a lista de campos, a cláusula VALORES deve incluir um valor para cada campo da tabela; caso contrário, a operação INSERT falhará. Utilize uma declaração inserida adicional com uma cláusula VALUES para cada registo adicional que pretende criar.



Precisa de mais ajuda?

Aumente os seus conhecimentos do Office
Explore as formações
Seja o primeiro a obter novas funcionalidades
Adira ao Office Insider

As informações foram úteis?

Obrigado pelo seu feedback! Parece que poderá ser benéfico reencaminhá-lo para um dos nossos agentes de suporte do Office.

×