Como desactivar a funcionalidade de Execução Automática no Windows

Sumário

As actualizações descritas neste artigo corrigem um problema na desactivação da funcionalidade de Execução Automática. Sem estas actualizações, não é possível desactivar a Execução Automática numa unidade de rede. Além disso, o menu de atalho e a funcionalidade de duplo clique da Execução Automática não eram desactivados, mesmo que os passos anteriormente fornecidos fossem seguidos. Este problema é corrigido pelas actualizações descritas neste artigo. As actualizações foram distribuídas pelos sistemas que se seguem, utilizando os canais de distribuição de actualizações do Windows Update e actualizações automáticas:

  • Microsoft Windows 2000

  • Windows XP Service Pack 2

  • Windows XP Service Pack 3

  • Windows Server 2003 Service Pack 1

  • Windows Server 2003 Service Pack 2

Este artigo também contém hiperligações para localizações de transferência nas quais os utilizadores podem obter estas actualizações.

Mais Informação

Dependendo da versão do Windows que estiver a utilizar, existem actualizações diferentes cuja instalação é necessária para desactivar correctamente a funcionalidade de Execução Automática:

  • Para desactivar a funcionalidade de Execução Automática no Windows Vista ou no Windows Server 2008, é necessário ter instalada a actualização de segurança 950582 (boletim de segurança MS08-038).

  • Para desactivar a funcionalidade de Execução Automática no Windows XP, no Windows Server 2003 ou no Windows 2000, é necessário ter instalada a actualização de segurança 950582, a actualização 967715 ou a actualização 953252.

    Nota: as actualizações 950582, 967715 e 953252 fornecem à Execução Automática uma funcionalidade idêntica. O pacote da actualização 953252 foi reformulado como a actualização de segurança 950582, de modo a fornecer uma actualização de segurança adicional para o Windows Vista e para o Windows Server 2008.

    A tabela seguinte mostra as diferenças entre as três actualizações:


    Actualização de segurança 950582

    Actualização 953252

    Actualização 967715

    Sistemas operativos aplicáveis

    Windows Vista e Windows Server 2008

    Windows XP, Windows Server 2003 e Windows 2000

    Windows XP, Windows Server 2003 e Windows 2000

    Contém actualizações de segurança

    Sim

    Não

    Não

    Fornece a funcionalidade de Execução Automática

    Sim

    Sim

    Sim

    Método de distribuição

    Windows Update, Actualizações Automáticas e Centro de Transferências

    Centro de Transferências

    Windows Update, Actualizações Automáticas e Centro de Transferências

    Detalhes do pacote

    Pacotes criados utilizando o artigo 950582 da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft

    Pacotes criados utilizando o artigo 950582 da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft

    Pacotes criados utilizando o artigo 967715 da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft

    Após as actualizações que constituem pré-requisitos terem sido instaladas, pode utilizar os procedimentos disponibilizados em qualquer uma das seguintes secções para desactivar as funcionalidades de Execução Automática:

    • Como utilizar as definições de Política de Grupo para desactivar todas as funcionalidades de Execução Automática

    • Como desactivar selectivamente determinadas funcionalidades de Execução Automática

    • Como definir a chave de registo HonorAutorunSetting manualmente

O objectivo da Execução Automática

O principal objectivo da Execução Automática é fornecer uma resposta do software a acções do hardware que são iniciadas num computador. A Execução Automática possui as seguintes funcionalidades:

  • Duplo Clique

  • Menu de Contexto

  • Reprodução Automática

Estas funcionalidades são obtidas normalmente a partir de suportes amovíveis ou de partilhas de rede. Durante a Reprodução Automática, o ficheiro Autorun.inf do suporte é analisado. Este ficheiro especifica os comandos que são executados pelo sistema. Muitas empresas utilizam esta funcionalidade para iniciar os respectivos programas de instalação.

Comportamento predefinido da Execução Automática e da Reprodução Automática

Comportamento predefinido da Reprodução Automática nos sistemas baseados no Windows XP

A Reprodução Automática inicia a leitura de uma unidade assim que é inserido um suporte na unidade. Por conseguinte, o ficheiro de configuração de programas e a música no suporte de áudio são imediatamente iniciados. Antes do Windows XP SP2, a Reprodução Automática estava desactivada por predefinição nas unidades amovíveis como, por exemplo, na unidade de disquetes (mas não na unidade de CD) e nas unidades de rede. Desde o Windows XP SP2 que a Reprodução Automática está activada para as unidades amovíveis. Estas incluem as unidades ZIP e alguns dispositivos de armazenamento em massa USB. Se activar as definições para desactivar a Reprodução Automática (este procedimento está descrito neste artigo), poderá desactivar a Reprodução Automática numa unidade de CD, em unidades de suportes amovíveis ou em todas as unidades.

Nota Esta definição aparece nas pastas Configuração do computador e Configuração do utilizador. Se as definições entrarem em conflito, a definição da pasta Configuração do computador tem precedência sobre a definição da pasta Configuração do utilizador.

Comportamento predefinido da Execução Automática

Os comandos da Execução Automática são normalmente guardados em ficheiros Autorun.inf. Estes comandos permitem iniciar aplicações, iniciar programas de instalação ou iniciar outras rotinas. Nas versões do Windows anteriores ao Windows Vista, quando o suporte que contém um comando de Execução Automática é inserido, o sistema executa automaticamente o programa sem necessitar da intervenção do utilizador. Como o código pode ser executado sem o conhecimento ou a autorização do utilizador, os utilizadores poderão pretender desactivar esta funcionalidade por uma questão de segurança. As definições de configuração descritas neste artigo permitem aos Administradores desactivar de forma selectiva ou na totalidade todas as capacidades de Execução Automática para os sistemas com o Windows 2000, Windows XP, Windows Server 2003, Windows Vista e Windows Server 2008.

O comportamento predefinido no Windows Vista e no Windows Server 2008 é perguntar ao utilizador se um comando de Execução Automática deve ser executado. As alterações a estas definições são descritas mais adiante neste artigo. Um Administrador pode desactivar os comandos de Execução Automática na totalidade ou reverter para o comportamento anterior ao Windows Vista de executar automaticamente o comando de Execução Automática. Se a funcionalidade estiver configurada para desactivar as capacidades de Execução Automática, ou se esta política não estiver configurada, o Windows Vista e o Windows Server 2008 continuarão a perguntar ao utilizador se o comando de Execução Automática deve ser executado.

Pré-requisitos para desactivação das capacidades de Execução Automática

Para desactivar as capacidades de Execução Automática, é necessário instalar as seguintes actualizações:

Quando os pré-requisitos estiverem instalados, siga estes passos para desactivar a Execução Automática.

Como utilizar as definições de Política de Grupo para desactivar todas as funcionalidades de Execução Automática no Windows Server 2008 ou no Windows Vista

Utilize um dos seguintes métodos:

Método 1

  1. Clique em Iniciar, escreva Gpedit.msc na caixa Iniciar Procura e prima ENTER.


    Se lhe for solicitada uma palavra-passe de administrador ou uma confirmação, escreva a palavra-passe ou clique em Permitir.

  2. Em Configuração do Computador, expanda Modelos Administrativos, expanda Componentes do Windows e, em seguida, clique em Políticas de Reprodução Automática.

  3. No painel Detalhes, faça duplo clique em Desactivar Reprodução Automática.

  4. Clique em Activado e, em seguida, seleccione Todas as unidades na caixa Desactivar Reprodução Automática para desactivar a execução automática em todas as unidades.

  5. Reinicie o computador.

Método 2

  1. Clique em Iniciar, escreva Gpedit.msc na caixa Iniciar Procura e prima ENTER.


    Se lhe for solicitada uma palavra-passe de administrador ou uma confirmação, escreva a palavra-passe ou clique em Permitir.

  2. Em Configuração do Computador, expanda Modelos Administrativos, expanda Componentes do Windows e, em seguida, clique em Políticas de Reprodução Automática.

  3. No painel Detalhes, faça duplo clique em Comportamento predefinido da Execução Automática.

  4. Clique em Activado e, em seguida, seleccione Não executar quaisquer comandos de execução automática na caixa Comportamento predefinido da Execução Automática para desactivar a Execução Automática em todas as unidades.

  5. Reinicie o computador.

Como utilizar as definições de Política de Grupo para desactivar todas as funcionalidades de Execução Automática no Windows Server 2003, no Windows XP Professional e no Windows 2000

  1. Clique em Iniciar, clique em Executar, escreva Gpedit.msc na caixa Abrir e clique em OK.

  2. Em Configuração do Computador, expanda Modelos Administrativos e, em seguida, clique em Sistema.

  3. No painel Definições, clique com o botão direito do rato em Desactivar Reprodução Automática e depois clique em Propriedades.


    Nota: no Windows 2000, a definição de política é designada Desactivar Reprodução Automática.

  4. Clique em Activado e, em seguida, seleccione Todas as unidades na caixa Desactivar Reprodução Automática para desactivar a execução automática em todas as unidades.

  5. Clique em OK para fechar a caixa de diálogo Desactivar Propriedades de Reprodução Automática.

  6. Reinicie o computador.

Como desactivar ou activar todas as funcionalidades de Execução Automática no Windows 7 e noutros sistemas operativos

Windows 7, Windows Server 2008, Windows Vista, Windows Server 2003 ou Windows XP

Corrigir por mim

Para desactivar ou activar automaticamente a Execução Automática, clique na hiperligação Corrigir este problema adequada. Em seguida, clique em Executar na caixa de diálogo Transferência de ficheiros e siga os passos indicados neste assistente.

Desactivar Execução Automática

Activar Execução Automática





Nota: estes assistentes podem estar apenas em inglês; contudo, as correcções automáticas também funcionam em versões do Windows noutros idiomas.

Nota: se não estiver a trabalhar no computador que tem o problema, pode guardar as correcções automáticas numa unidade Flash ou num CD para poder executá-las no computador que tem o problema.


Deixar-me corrigir o problema


Importante: esta secção, método ou tarefa contém passos que explicam como modificar o registo. No entanto, poderão ocorrer problemas graves se modificar o registo de forma incorrecta. Assim, certifique-se de que segue estes passos cuidadosamente. Para uma maior segurança, efectue uma cópia de segurança do registo antes de o modificar. Deste modo, pode restaurar o registo se ocorrer um problema. Para mais informações sobre como efectuar uma cópia de segurança e restaurar o registo, clique no número de artigo que se segue para visualizar o artigo na Base de Dados de Conhecimento da Microsoft:

322756Como criar uma cópia de segurança e restaurar o registo no Windows
Para ser o próprio utilizador a desactivar a Execução Automática nos sistemas operativos que não incluam o Gpedit.msc, deverá seguir estes passos:

  1. Clique em Iniciar, clique em Executar, escreva regedit na caixa Abrir e clique em OK.

  2. Localize e, em seguida, clique na seguinte entrada do registo:

    HKEY_CURRENT_USER\SOFTWARE\Microsoft\Windows\CurrentVersion\policies\Explorer\NoDriveTypeAutorun

  3. Clique com o botão direito do rato em NoDriveTypeAutoRun e, em seguida, clique em Modificar.

  4. Na caixa Dados do valor, escreva 0xFF para desactivar todos os tipos de unidade. Em alternativa, para desactivar selectivamente determinadas unidades, utilize um valor diferente, conforme descrito na secção "Como desactivar selectivamente determinadas funcionalidades de Execução Automática".

  5. Clique em OK e saia do Editor de Registo.

  6. Reinicie o computador.

Como desactivar selectivamente determinadas funcionalidades de Execução Automática

Para desactivar selectivamente determinadas funcionalidades de Execução Automática, é necessário alterar a entrada NoDriveTypeAutoRun numa das seguintes subchaves do registo:

HKEY_LOCAL_MACHINE\Software\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Policies\Explorer\
HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Windows\CurrentVersion\policies\Explorer\
A tabela seguinte mostra as definições da entrada de registo NoDriveTypeAutoRun.

Valor

Significado

0x1 ou 0x80

Desactiva a Execução Automática em unidades de tipo desconhecido

0x4

Desactiva a Execução Automática em unidades amovíveis

0x8

Desactiva a Execução Automática em unidades fixas

0x10

Desactiva a Execução Automática em unidades de rede

0x20

Desactiva a Execução Automática em unidades de CD-ROM

0x40

Desactiva a Execução Automática em discos RAM

0xFF

Desactiva a Execução Automática em todos os tipos de unidades

O valor da entrada de registo NoDriveTypeAutoRun determina qual ou quais as unidades em que a funcionalidade de Execução Automática será desactivada. Por exemplo, se pretender desactivar a Execução Automática apenas nas unidades de rede, tem de definir o valor da entrada de registo NoDriveTypeAutoRun como 0x10.


Se pretender desactivar a Execução Automática em várias unidades, tem de adicionar os valores hexadecimais correspondentes ao valor 0x10. Por exemplo, se pretender desactivar a Execução Automática em unidades amovíveis e em unidades de rede, tem de adicionar 0x4 e 0x10, ou seja, a soma aritmética de 2 valores hexadecimais, para determinar o valor a utilizar. 0x4 + 0x10 = 0x14. Deste modo, neste exemplo, o valor da entrada NoDriveTypeAutoRun seria definido como 0x14.


O valor predefinido para a entrada de registo NoDriveTypeAutoRun varia em função dos diferentes sistemas operativos baseados no Windows. Estes valores predefinidos estão indicados na tabela seguinte.

Sistema operativo

Valor predefinido

Windows Server 2008 e Windows Vista

0x91

Windows Server 2003

0x95

Windows XP

0x91

Windows 2000

0x95

Entrada de registo utilizada para controlar o comportamento da presente actualização

Todas as correcções na presente actualização para o Windows XP e para o Windows Server 2003 estão incluídas na entrada de registo HonorAutorunSetting na seguinte subchave:


HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows\CurrentVersion\policies\Explorer\ Valor do registo

Valor

Tipo de dados

Intervalo

Valor predefinido

HonorAutorunSetting

REG_DWORD

0x0–0xFF

0x01


Nota: no Windows Server 2003 e no Windows XP, todas as alterações a esta actualização são controladas pela entrada de registo HonorAutorunSetting, de modo a que possa reverter para a configuração anterior se for necessário. Esta entrada não é válida para os utilizadores do Windows 2000, Windows Vista nem do Windows Server 2008.

Ao instalar a actualização 967715, a chave de registo HonorAutorunSetting é criada apenas no ramo de registo HKEY_LOCAL_MACHINE. A chave de registo possui um valor predefinido de 0x1. Este valor activa a funcionalidade existente na presente actualização. Antes de instalar a presente actualização, a chave de registo não existe no sistema. Poderá obter o comportamento de Execução Automática de instalação pré-pacote, definindo manualmente a chave de registo como 0. Para tal, escreva 0 em vez de 1 no passo 6 dos procedimentos que se seguem para definir manualmente a chave de registo. A entrada HonorAutorunSetting é sempre lida a partir do ramo de registo HKEY_LOCAL_MACHINE, mesmo que também esteja configurada no ramo de registo HKEY_CURRENT_USER.

Como definir a chave de registo HonorAutorunSetting manualmente

Windows Server 2003 e Windows XP

  1. Clique em Iniciar e, em seguida, clique em Executar.

  2. Na caixa Abrir, escreva regedit e clique em OK.

  3. Localize e clique na seguinte subchave do registo:

    HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows\CurrentVersion\policies\Explorer\

  4. Clique com o botão direito do rato no painel da direita, aponte para Novo e, em seguida, clique em Valor DWORD.

  5. Escreva HonorAutorunSetting e prima ENTER.

  6. Na caixa Dados do valor, escreva 1, clique em Hexadecimal, se ainda não estiver seleccionado e, em seguida, clique em OK.

  7. Saia do Editor de Registo.

  8. Reinicie o sistema para que as novas alterações entrem em vigor.

Como impedir a criação de ficheiros Autorun.inf em partilhas

Para impedir que a funcionalidade de Execução Automática seja invocada e para impedir que os programas escrevam ficheiros Autoun.inf em unidades de rede mapeadas, siga estes passos:

  1. Elimine quaisquer ficheiros Autorun.inf da raiz de uma unidade de rede mapeada.

  2. Não atribua a nenhum utilizador direitos para Criar na raiz de uma unidade de rede mapeada.

Nota: após ter implementado este procedimento, as funcionalidades de Execução Automática deixarão de estar disponíveis a partir de unidades de rede.

Como impedir os utilizadores de estabelecer ligação a dispositivos de armazenamento USB

O seguinte artigo da Base de Dados de Conhecimento da Microsoft contém dois métodos para impedir que os utilizadores estabeleçam ligação com um dispositivo de armazenamento USB:

823732 Como posso impedir os utilizadores de estabelecer ligação a dispositivos de armazenamento USB?

Nota: após implementar um destes procedimentos num sistema, os dispositivos de armazenamento USB deixam de funcionar no sistema.

Perguntas mais frequentes

Esta actualização altera as minhas definições actuais de Execução Automática?
Não. A actualização não altera as definições actuais de Execução Automática no sistema. Em vez disso, a actualização permite aos utilizadores a imposição correcta das definições de Execução Automática.



Existe alguma alteração na experiência do utilizador após esta actualização ser instalada?
Após instalar a actualização 967715, poderá observar que as funcionalidades de Execução Automática nas unidades de rede deixam de funcionar. Tal deve-se ao facto de, por predefinição, a Execução Automática nas unidades de rede estar definida como desactivada no registo. Após instalar a actualização, é correctamente imposta uma chave de registo previamente definida para desactivação da Execução Automática nas unidades de rede. Esta é a única funcionalidade que será alterada após a actualização ser instalada. Se um utilizador tiver desactivado a Execução Automática noutras unidades antes da actualização, poderá observar-se uma alteração no comportamento das funcionalidades de duplo clique e menu de contexto após a actualização.



Trata-se de uma vulnerabilidade de segurança que requer que a Microsoft emita uma actualização de segurança?
Não. A desactivação da funcionalidade de Execução Automática é uma configuração opcional que alguns clientes poderão decidir implementar. A actualização 967715 apenas resolve o problema da funcionalidade de Execução Automática.



Por que motivo estou a ser redireccionado para a actualização 967715 quando estava a procurar a actualização 953252?
A actualização 953252 e a actualização 967715 oferecem actualizações idênticas. Apenas os canais de distribuição das mesmas diferem. A actualização 953252 foi disponibilizada apenas no Centro de Transferências, enquanto a actualização 967715 foi disponibilizada no Windows Update, nas Actualizações Automáticas e no Centro de Transferências. Para evitar a duplicação de informações idênticas, está a ser redireccionado para a actualização 967715, que inclui todas as informações mais recentes sobre estas actualizações.



Se tiver a actualização 950582 ou a actualização 953252 instalada no computador, ser-me-á novamente oferecida a actualização 967715?
Não, a actualização 967715 é idêntica à actualização 953252, mas foi incluída no pacote da actualização 950582. Deste modo, se o item Adicionar ou Remover Programas mostrar que tem instalada a actualização 950582 ou a actualização 953252, não necessita da actualização 967715 e a mesma não lhe será oferecida pelo Windows Update nem pelas Actualizações Automáticas.



Estas actualizações desactivam as capacidades de Execução Automática?
Não. As actualizações oferecidas respeitam correctamente os valores de chave de registo que desactivam as capacidades de Execução Automática. Estas actualizações não alteram os valores de chave de registo e continuarão a respeitar os valores definidos antes da instalação das referidas actualizações. Caso os valores de registo não tenham sido definidos antes da instalação destas actualizações, as definições de chave de registo terão de ser correctamente definidas, tendo em vista a desactivação das capacidades de Execução Automática.



Onde se encontram as actualizações para o Windows Vista e para o Windows Server 2008?
As actualizações para o Windows Vista e para o Windows Server 2008 foram disponibilizadas conjuntamente com algumas actualizações de segurança na actualização de segurança 950582 (boletim de segurança MS08-038). Para tirar partido das definições de chave de registo que desactivam a Execução Automática, os clientes com sistemas baseados no Windows Vista ou no Windows Server 2008 têm de instalar a actualização de segurança 950582.


Problemas conhecidos relativamente a esta actualização de segurança

  • A actualização 967715 é oferecida várias vezes

    A actualização 967715 poderá ser oferecida repetidamente se a definição de registo HonorAutorunSetting, descrita neste artigo, não for adicionada ao ramo de registo. Este problema poderá ocorrer se um outro programa instalado no computador bloquear a escrita na entrada de registo por parte da actualização. Este tipo de software poderá bloquear a actualização durante a respectiva instalação ou poderá remover a entrada de registo após o computador ser reiniciado.



    Para resolver este problema, instale a actualização no modo de segurança. Para tal, siga estes passos:

    1. Transfira a actualização. Para tal, siga estes passos:

      1. Visite o Web site de Transferências da Microsoft:

        http://www.microsoft.com/downloads/pt-pt/default.aspx

      2. Na caixa Procurar uma transferência, escreva o número do artigo da Base de Dados de Conhecimento que descreve a actualização e, em seguida, clique em Ir.

      3. Transfira a actualização e, em seguida, guarde-a no ambiente de trabalho.

    2. Instale a actualização. Para tal, siga estes passos:

      1. Faça duplo clique no ficheiro transferido para instalá-lo.

        Se lhe for solicitado para reiniciar o computador, faça-o.

      2. Visite o Web site Windows Update ou Microsoft Update para determinar se a actualização é novamente oferecida. Se a actualização for novamente oferecida, avance para o passo seguinte.

    3. Instale a actualização no modo de segurança. O modo de segurança desactiva a maior parte dos processos e serviços em execução. Estes serviços incluem o serviço Windows Update. A instalação de uma actualização no modo de segurança constitui um teste rápido para determinar se uma aplicação ou processo está a interferir com a instalação. Para instalar a actualização no modo de segurança, siga estes passos:

      1. Reinicie o computador.

      2. Quando o computador estiver a iniciar, prima a tecla F8.

      3. Utilize as teclas de seta para seleccionar Modo de Segurança e, em seguida, prima ENTER.

      4. Faça duplo clique no ficheiro transferido no passo 1 para instalar o ficheiro.

      5. Quando a instalação estiver concluída, reinicie o computador.

      6. Visite o Web site Windows Update ou Microsoft Update para determinar se a actualização é oferecida. Em alternativa, aguarde até a funcionalidade Actualizações Automáticas ser novamente executada.

INFORMAÇÃO SOBRE OS FICHEIROS

A versão em inglês (Estados Unidos) desta actualização de software instala ficheiros que têm os atributos listados nas tabelas seguintes. As datas e horas destes ficheiros são indicadas no formato de Hora Universal Coordenada (UTC). As datas e horas destes ficheiros são apresentadas no computador local com a hora local e com a compensação da hora de Verão (DST) actual. Além disso, as datas e horas podem ser alteradas quando são executadas determinadas operações nos ficheiros.


Informação sobre os ficheiros do Windows 2000

Para todas as edições suportadas do Microsoft Windows 2000 Service Pack 4

File Name

Version

Date

Time

Size

Folder

shell32.dll

5.0.3900.7155

15-Apr-2008

23:13

2,362,640


Informações sobre os ficheiros do Windows XP e do Windows Server 2003

  • Os ficheiros aplicáveis a uma especificação (RTM, SPn) e ramo de serviço (QFE, GDR) específicos estão anotados nas colunas "Requisito SP" e "Ramo de serviço".

  • Os ramos de serviço GDR contêm apenas as correcções amplamente distribuídas para resolver problemas críticos generalizados. Os ramos de serviço QFE contêm outras correcções além das correcções amplamente distribuídas.

  • Além dos ficheiros listados nestas tabelas, esta actualização de software também instala um ficheiro de catálogo de segurança (KBnúmero.cat) associado que está assinado com uma assinatura digital da Microsoft.


Para todas as versões baseadas em x86 suportadas do Windows XP

File Name

Version

Date

Time

Size

Folder

shell32.dll

6.0.2900.3402

02-Jul-2008

23:46

8,454,656

SP2GDR

shell32.dll

6.0.2900.3402

02-Jul-2008

23:33

8,460,800

SP2QFE

xpsp3res.dll

5.1.2600.3314

14-Feb-2008

19:36

351,744

SP2QFE

shell32.dll

6.0.2900.5622

17-Jun-2008

05:32

8,461,312

SP3GDR

shell32.dll

6.0.2900.5622

17-Jun-2008

05:34

8,461,824

SP3QFE


Para todas as versões baseadas em x64 suportadas do Windows Server 2003 e do Windows XP Professional x64 Edition

File Name

Version

Date

Time

Size

CPU

Folder

shell32.dll

6.0.3790.3158

10-Feb-2009

02:12

10,502,144

X64

SP1GDR

wshell32.dll

6.0.3790.3158

10-Feb-2009

02:13

8,384,000

X86

SP1GDR\wow

shell32.dll

6.0.3790.3158

10-Feb-2009

02:12

10,506,240

X64

SP1QFE

w03a2409.dll

5.2.3790.3090

10-Feb-2009

02:12

30,208

X64

SP1QFE

wshell32.dll

6.0.3790.3158

10-Feb-2009

02:12

8,386,560

X86

SP1QFE\wow

ww03a2409.dll

5.2.3790.3090

10-Feb-2009

02:12

29,696

X86

SP1QFE\wow

shell32.dll

6.0.3790.4315

10-Feb-2009

02:21

10,508,288

X64

SP2GDR

wshell32.dll

6.0.3790.4315

10-Feb-2009

02:22

8,360,960

X86

SP2GDR\wow

shell32.dll

6.0.3790.4315

10-Feb-2009

02:12

10,508,800

X64

SP2QFE

wshell32.dll

6.0.3790.4315

10-Feb-2009

02:13

8,361,472

X86

SP2QFE\wow


Para todas as versões baseadas em x86 suportadas do Windows Server 2003

File Name

Version

Date

Time

Size

Folder

shell32.dll

6.0.3790.3158

17-Jun-2008

07:13

8,384,000

SP1GDR

shell32.dll

6.0.3790.3158

17-Jun-2008

07:42

8,386,560

SP1QFE

w03a2409.dll

5.2.3790.3090

13-Feb-2008

20:11

29,696

SP1QFE

shell32.dll

6.0.3790.4315

17-Jun-2008

06:38

8,360,960

SP2GDR

shell32.dll

6.0.3790.4315

17-Jun-2008

07:22

8,361,472

SP2QFE


Para todas as versões baseadas em IA-64 suportadas do Windows Server 2003

File Name

Version

Date

Time

Size

CPU

Folder

shell32.dll

6.0.3790.3158

10-Feb-2009

02:12

13,238,272

IA-64

SP1GDR

wshell32.dll

6.0.3790.3158

10-Feb-2009

02:12

8,384,000

X86

SP1GDR\wow

shell32.dll

6.0.3790.3158

10-Feb-2009

02:12

13,243,904

IA-64

SP1QFE

w03a2409.dll

5.2.3790.3090

10-Feb-2009

02:12

28,672

IA-64

SP1QFE

wshell32.dll

6.0.3790.3158

10-Feb-2009

02:12

8,386,560

X86

SP1QFE\wow

ww03a2409.dll

5.2.3790.3090

10-Feb-2009

02:12

29,696

X86

SP1QFE\wow

shell32.dll

6.0.3790.4315

10-Feb-2009

01:53

13,244,928

IA-64

SP2GDR

wshell32.dll

6.0.3790.4315

10-Feb-2009

01:54

8,360,960

X86

SP2GDR\wow

shell32.dll

6.0.3790.4315

10-Feb-2009

02:12

13,246,464

IA-64

SP2QFE

wshell32.dll

6.0.3790.4315

10-Feb-2009

02:13

8,361,472

X86

SP2QFE\wow

Precisa de mais ajuda?

Aumente os seus conhecimentos
Explore as formações
Seja o primeiro a obter novas funcionalidades
Aderir ao Microsoft insiders

As informações foram úteis?

Obrigado pelos seus comentários!

Obrigado pelo seu feedback! Parece que poderá ser benéfico reencaminhá-lo para um dos nossos agentes de suporte do Office.

×