COMO: Especificar portas de série maiores que COM9

Traduções de Artigos Traduções de Artigos
Artigo: 115831 - Ver produtos para os quais este artigo se aplica.
Expandir tudo | Reduzir tudo

Sumário

CreateFile() pode ser utilizado para obter um identificador para uma porta série. "Win32 Programmer Reference" entrada "CreateFile()" menciona que o modo de partilha tem de ser 0, o parâmetro de criação tem de ser OPEN_EXISTING e o modelo tem de ser NULL.

CreateFile() for bem sucedida quando utiliza "COM1" a "COM9" para o nome do ficheiro; no entanto, a mensagem
INVALID_HANDLE_VALUE
é devolvido se utilizar "COM10" ou superior.

Se o nome da porta for \\.\COM10, a forma correcta para especificar a porta série numa chamada para CreateFile() é o seguinte:
   CreateFile(
      "\\\\.\\COM10",     // address of name of the communications device
      fdwAccess,          // access (read-write) mode
      0,                  // share mode
      NULL,               // address of security descriptor
      OPEN_EXISTING,      // how to create
      0,                  // file attributes
      NULL                // handle of file with attributes to copy
   );

				
notas: esta sintaxe também funciona para as portas COM1 a COM9. Determinadas áreas permitem escolher que a porta nomes manualmente. Esta sintaxe funciona bem esses nomes.

Propriedades

Artigo: 115831 - Última revisão: 1 de março de 2005 - Revisão: 3.3
A informação contida neste artigo aplica-se a:
  • Microsoft Win32 Application Programming Interface nas seguintes plataformas
    • Microsoft Windows 95
    • Microsoft Windows 98 Standard Edition
    • the operating system: Microsoft Windows 2000
    • Microsoft Windows Millennium Edition
    • Microsoft Windows NT 4.0
    • the operating system: Microsoft Windows XP
Palavras-chave: 
kbmt kbapi kbcommport kbhowto kbkernbase kbserial KB115831 KbMtpt
Tradução automática
IMPORTANTE: Este artigo foi traduzido por um sistema de tradução automática (também designado por Machine translation ou MT), não tendo sido portanto revisto ou traduzido por humanos. A Microsoft tem artigos traduzidos por aplicações (MT) e artigos traduzidos por tradutores profissionais. O objectivo é simples: oferecer em Português a totalidade dos artigos existentes na base de dados do suporte. Sabemos no entanto que a tradução automática não é sempre perfeita. Esta pode conter erros de vocabulário, sintaxe ou gramática? erros semelhantes aos que um estrangeiro realiza ao falar em Português. A Microsoft não é responsável por incoerências, erros ou estragos realizados na sequência da utilização dos artigos MT por parte dos nossos clientes. A Microsoft realiza actualizações frequentes ao software de tradução automática (MT). Obrigado.
Clique aqui para ver a versão em Inglês deste artigo: 115831

Submeter comentários

 

Contact us for more help

Contact us for more help
Connect with Answer Desk for expert help.
Get more support from smallbusiness.support.microsoft.com