Otimizar o Windows para melhorar seu desempenho

Veja aqui algumas dicas para otimizar o Windows 7 para melhorar seu desempenho.

Experimente a Solução de problemas de desempenho

A primeira coisa que você pode tentar é usar a Solução de problemas de desempenho, capaz de localizar e corrigir problemas automaticamente. A Solução de problemas de desempenho verifica problemas que podem limitar o desempenho do computador, como o número de usuários conectados ao computador e se há vários programas em execução ao mesmo tempo.

Abra a Solução de problemas de desempenho clicando no botão Iniciar

Imagem do botão de Início
e em Painel de Controle. Na caixa de pesquisa, digite solução de problemas e clique em Solução de Problemas. Em Sistema e Segurança, clique em Verificar problemas de desempenho.

Exclua programas que você nunca utiliza

Muitos fabricantes fornecem computadores novos com programas que você não solicitou e que talvez não queira. Muitas vezes, eles incluem edições de avaliação e versões limitadas de programas que as empresas de software desejam que você experimente, ache úteis e pague para atualizar para as versões completas ou mais recentes. Se você decidir que não os quer, manter o software no computador pode torná-lo lento, pois ele usa memória, espaço em disco e capacidade de processamento preciosos.

É recomendável desinstalar todos os programas que você não pretende usar. Isso inclui tanto softwares instalados pelo fabricante e softwares que você mesmo instalou, mas não usa mais, especialmente programas utilitários criados para gerenciar e ajustar o hardware e software do computador. Frequentemente, os programas utilitários, como antivírus, limpadores de disco e ferramentas de backup, são executados automaticamente no momento da inicialização, de maneira silenciosa e em segundo plano, onde você não pode vê-los. Muitas pessoas não têm ideia de que ainda estão sendo executados.

Mesmo que seu computador seja mais antigo, ele pode conter programas instalados pelo fabricante que você nunca notou ou dos quais esqueceu. Nunca é tarde demais para removê-los e eliminar a desordem e o desperdício de recursos do sistema. Talvez você tenha achado que usaria o software algum dia, mas isso nunca aconteceu. Desinstale-o e veja se o computador fica mais rápido.

Limite o número de programas executados no momento da inicialização

Muitos programas são projetados para iniciar automaticamente quando o Windows é iniciado. Muitas vezes, os fabricantes de software configuram seus programas para abrir em segundo plano, onde você não pode vê-los em execução; dessa forma, eles são abertos imediatamente quando você clica em seus ícones. Isso é útil para programas que você usa muito, mas para programas que você usa raramente ou nunca, isso se converte em um desperdício de memória e retarda o tempo necessário para concluir a inicialização do Windows.

Decida se você quer que um programa seja executado no momento da inicialização.

Mas como é possível saber quais programas são executados automaticamente no momento da inicialização? Às vezes, isso é óbvio, pois o programa adiciona um ícone à área de notificação na barra de tarefas, onde você pode vê-lo em execução. Observe se há programas em execução que você não quer iniciar automaticamente. Aponte para cada ícone para ver o nome do programa. Clique no botão Mostrar ícones ocultos para conseguir ver todos os ícones.

Mesmo depois de conferir a área de notificação, talvez você ainda não saiba de alguns programas que são executados automaticamente no momento da inicialização. A ferramenta gratuita AutoRuns for Windows, disponível para download no site da Microsoft, mostra todos os programas e processos que são executados quando você inicia o Windows. Para impedir que um programa seja executado automaticamente quando o Windows é iniciado, abra o programa AutoRuns for Windows e desmarque a caixa de seleção ao lado do nome do programa que você quer parar. O AutoRuns for Windows foi criado para usuários avançados.

Desfragmente o disco rígido

A fragmentação faz com que o disco rígido execute um trabalho extra que pode tornar o computador lento. O Desfragmentador de Disco reorganiza dados fragmentados para que o disco rígido funcione de forma mais eficiente. O Desfragmentador de Disco é executado de acordo com um agendamento, mas você também pode desfragmentar o disco rígido manualmente.

Limpe o disco rígido

Os arquivos desnecessários no disco rígido ocupam espaço em disco e podem tornar o computador lento. A Limpeza de Disco remove arquivos temporários, esvazia a Lixeira e remove vários arquivos do sistema e outros itens que não são mais necessários.

Execute menos programas ao mesmo tempo

Às vezes, a mudança de seu comportamento de uso pode afetar muito o desempenho do computador. Se você é o tipo de usuário que gosta de manter oito programas e várias janelas do navegador abertas simultaneamente, tudo isso enquanto envia mensagens instantâneas para seus amigos, não se surpreenda se o computador travar. Manter muitas mensagens de email abertas também podem consumir a memória.

Se o computador está lento, considere se você realmente precisa manter todos os programas e janelas abertos de uma vez. Encontre uma forma melhor de lembrar-se de responder a mensagens de email em vez de mantê-las todas abertas.

Verifique se você está executando apenas um programa antivírus. A execução de mais de um programa antivírus também pode tornar o computador lento. Felizmente, se você está executando mais de um programa antivírus, a Central de Ações o notifica e pode ajudar a corrigir o problema.

Desative os efeitos visuais

Se o Windows está lento, você pode acelerá-lo desativando alguns efeitos visuais. É uma questão de aparência contra desempenho. Você prefere que o Windows seja mais rápido ou mais bonito? Se o computador é rápido o suficiente, você não precisa fazer essa troca, mas se o computador tem capacidade suficiente apenas para o Windows 7, pode ser conveniente abrir mão dos efeitos visuais.

Você pode escolher individualmente quais efeitos visuais são desativados ou você pode permitir que o Windows escolha para você. Há 20 efeitos visuais que você pode controlar, como a aparência de vidro transparente, a maneira como os menus são abertos ou fechados e se as sombras são exibidas.

Para ajustar todos os efeitos visuais a fim de melhorar o desempenho:

  1. Para abrir Informações e Ferramentas de Desempenho, clique no botão Iniciar 
    Imagem do botão de Início
    e clique em Painel de Controle. Na caixa de pesquisa, digite Informações e Ferramentas de Desempenho e, na lista de resultados, clique em Informações e Ferramentas de Desempenho.
  2. Clique em Ajustar efeitos visuais
    Permissão de administrador exigida
    . Se for solicitada uma senha de administrador ou confirmação, digite a senha ou confirme.
  3. Clique na guia Efeitos Visuais, clique em Ajustar para obter um melhor desempenho e em OK. (Para uma opção menos drástica, selecione Deixar o Windows escolher a melhor opção para o computador.)


Reinicie regularmente

Essa dica é simples. Reinicie o computador pelo menos uma vez por semana, principalmente se você o usa muito. Reiniciar um computador é uma boa maneira de limpar a memória e garantir que todos os processos e serviços iniciados sejam encerrados.

Ao reiniciar, todos os softwares em execução no computador são fechados; não apenas os programas que você vê na barra de tarefas, mas também dezenas de serviços que podem ter sido iniciados por diversos programas e nunca concluídos. A reinicialização pode corrigir problemas de desempenho misteriosos quando é difícil identificar a causa exata.

Se você mantém muitos programas, mensagens de email e sites abertos e, por isso, acha que a reinicialização é muito trabalhosa, provavelmente esse é um sinal de que você deve reiniciar o computador. Quanto mais itens estão abertos e quanto mais tempo você os mantém em execução, maiores as chances do computador ter seu desempenho reduzido e eventualmente ficar com pouca memória.

Adicione mais memória

Esse não é um guia de compra de hardware para acelerar o computador. Mas nenhuma discussão sobre como acelerar o Windows seria completa sem mencionar que você deve considerar a adição de mais memória RAM ao computador.

Se um computador com o Windows 7 parece muito lento, normalmente é porque ele não tem RAM suficiente. A melhor maneira de acelerá-lo é adicionar mais.

O Windows 7 pode ser executado em computadores com 1 GB de RAM, mas ele funciona melhor com 2 GB. Para obter o desempenho ideal, aumente a memória para 3 GB ou mais.

Uma outra opção é aumentar a quantidade de memória usando o Windows ReadyBoost. Esse recurso permite que usar o espaço de armazenamento de alguns dispositivos de mídia removível, como pen drives, para acelerar o computador. É mais fácil conectar um pen drive a uma porta USB do que abrir o gabinete do computador e conectar módulos de memória à placa-mãe.

Verifique se há vírus e spyware

Se o computador estiver lento, é possível que esteja infectado por um vírus ou spyware. Esse problema não é tão comum quanto os outros, mas deve ser considerado. Antes de se preocupar demais, verifique o computador usando programas antispyware e antivírus.

Um sintoma comum de vírus é o desempenho muito mais lento do que o normal do computador. Outros sinais incluem mensagens inesperadas que aparecem no computador, programas que são iniciados automaticamente ou o som do disco rígido em constantemente funcionamento.

O spyware é um tipo de programa que é instalado, normalmente sem seu conhecimento, para vigiar sua atividade na Internet. Você pode verificar se há spyware usando o Windows Defender ou outros programas antispyware.

A melhor maneira de lidar com vírus é prevenir-se contra eles logo de início. Sempre execute o software antivírus e mantenha-o atualizado. No entanto, mesmo que você tome essas precauções, é possível que o computador seja infectado.

Verifique a velocidade do computador

Se você tentar estas dicas e o computador ainda estiver muito lento, talvez seja necessário adquirir um novo computador ou algumas atualizações de hardware, como um disco rígido novo ou uma placa de vídeo mais rápida. Porém, você não precisa adivinhar a velocidade do computador. O Windows permite verificar e classificar a velocidade do computador com uma ferramenta chamada Índice de Experiência do Windows.

O Índice de Experiência do Windows classifica seu computador em relação a cinco componentes importantes e atribui um número para cada um, bem como uma pontuação básica geral. Essa pontuação básica é, no máximo, equivalente ao subtotal do componente com pior desempenho. Atualmente, as pontuações básicas variam de 1 a 7,9. Se o seu computador tem uma classificação inferior a 2 ou 3, talvez seja hora de comprar um novo computador, dependendo das tarefas que você deseja executar com ele.

Mudar o tamanho da memória virtual

Se você receber avisos de memória virtual baixa, precisará aumentar o tamanho mínimo do arquivo de paginação. O Windows define o tamanho mínimo inicial do arquivo de paginação equivalente à quantidade de memória RAM instalada no computador, e o tamanho máximo igual a três vezes a quantidade de RAM instalada no computador. Se aparecerem avisos nesses níveis recomendados, aumente os tamanhos mínimo e máximo.

  1. Para abrir Sistema, clique no botão Iniciar  
    Imagem do botão de Início
    ,
    clique com o botão direito do mouse em Computador e clique em Propriedades.
  2. No painel esquerdo, clique em Configurações avançadas do sistema
    Permissão de administrador exigida
    .
    Se for solicitada uma senha de administrador ou confirmação, digite a senha ou confirme.
  3. Na guia Avançado, em Desempenho, clique em Configurações.
  4. Clique na guia Avançado e, em Memória virtual, clique em Alterar.
  5. Desmarque a caixa de seleção Gerenciar automaticamente o tamanho do arquivo de paginação de todas as unidades.
  6. Em Unidade [Rótulo do Volume], clique na unidade onde está o arquivo de paginação que você quer alterar.
  7. Clique em Tamanho personalizado, digite um novo tamanho em megabytes na caixa Tamanho inicial (MB) ou Tamanho máximo (MB) , clique em Definir e em OK.


Propriedades

ID do Artigo: 15055 - Última Revisão: 14 de set de 2016 - Revisão: 2

Comentários